NASA se prepara para colidir com uma nave espacial em um enorme asteroide, e pode ser uma má ideia

NASA prepara para colidir uma nave espacial em um enorme asteroide, e pode ser uma má ideia

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

A NASA está se preparando para a primeira missão de defesa planetária do mundo e está convidando todos a assistir a uma de suas espaçonaves tentar desviar um asteroide.

A espaçonave DART, abreviação de Binary Asteroid Redirection Test, decolou da Base Aérea de Vandenberg, localizada no condado de Santa Barbara, EUA, em um foguete SpaceX Falcon 9 em novembro passado em um projeto de 330 milhões de dólares.

O DART é essencialmente um teste da capacidade da NASA de defender nosso planeta contra futuros asteroides e outros detritos terrestres.

Ele vai impactar deliberadamente Dimorphos, um asteroide de 160 metros de diâmetro, a 24.139 quilômetros por hora em 26 de setembro.

Dimorphos não representa uma ameaça para a Terra, diz a NASA, mas oferece aos cientistas uma maneira de medir a eficácia da colisão.

Missão salvar a Terra
Imagem ilustrativa!

“Isso não vai destruir o asteroide, só vai dar um empurrãozinho,”

disse a cientista planetária da missão Nancy Chabot, do Laboratório de Física Aplicada da Universidade Johns Hopkins, que está gerenciando o projeto, durante o lançamento do DART no ano passado.

Dimorphos completa uma órbita de Didymos a cada 11 horas e 55 minutos. O objetivo do DART é um acidente que desacelere o Dimorphos e faça com que ele caia mais perto do asteroide maior, cortando 10 minutos de sua órbita.

A mudança no período orbital será medida por telescópios na Terra. A mudança mínima para que a missão seja considerada um sucesso é de 73 segundos.

Uma representação artística da espaçonave DART da NASA voando em direção ao asteroide Dimorphos.
Uma representação artística da espaçonave DART da NASA voando em direção ao asteroide Dimorphos.

A NASA anunciou esta semana que planeja transmitir o evento ao vivo em 26 de setembro e está convidando todos para uma festa de visualização por meio de seus canais de mídia social.

Haverá um briefing às 18:00 EST no chamado “Dia do Impacto” do Laboratório de Física Aplicada Johns Hopkins em Laurel, Maryland, que constrói e gerencia a espaçonave DART.

Os pesquisadores esperam que o impacto cinético ocorra às 19:14 ET. A agência espacial também está organizando um evento presencial para marcar a ocasião.

Dez dias antes, o DART lançará uma pequena espaçonave de observação fornecida pela agência espacial italiana que se seguirá. O DART transmitirá vídeo até que seja destruído no impacto. Três minutos depois, a espaçonave a seguir fará imagens do local do impacto e do material ejetado.

Dimorphos e Didymos são mostrados em escala com estruturas familiares da Terra. Fornecido pela Universidade Johns Hopkins
Dimorphos e Didymos são mostrados em escala com estruturas familiares da Terra. Fornecido pela Universidade Johns Hopkins.

A colisão ocorrerá a aproximadamente 11 milhões de quilômetros da Terra.

“Este teste mostrará que uma espaçonave pode navegar de forma autônoma até um asteroide alvo e colidir intencionalmente com ele para alterar o movimento do asteroide de uma maneira que pode ser medida por telescópios terrestres”,

compartilhou a NASA em um comunicado de imprensa.

“O DART fornecerá dados importantes para ajudar a se preparar melhor para um asteroide que pode representar um risco de impacto para a Terra, caso um seja descoberto”.

Esquema do Teste de Redirecionamento de Asteroides Duplos. A missão DART utiliza o Evolutionary Xenon Thruster (NEXT-C) da NASA
Esquema do Teste de Redirecionamento de Asteroides Duplos. A missão DART utiliza o Evolutionary Xenon Thruster (NEXT-C) da NASA.

Os cientistas estão constantemente procurando por asteroides e traçando seus cursos para determinar se eles podem impactar nosso planeta.

“Embora não haja atualmente nenhum asteroide conhecido em curso de impacto com a Terra, sabemos que existe uma grande população de asteroides próximos à Terra”,

explicou Lindley Johnson, oficial de defesa planetária da NASA.

“A chave para a defesa planetária é encontrá-los muito antes de serem uma ameaça de impacto.”



Sugerimos a leitura das seguintes matérias

China se prepara para desviar um asteroide perigoso em 2025

Descobriram um asteroide “Trojan” que compartilha a órbita da terra

Asteroide maciço semelhante ao do evento de Tunguska está se dirigindo para a Terra

Os cientistas confirmam que o asteroide Apophis atingirá a Terra em 2068

Os cientistas calculam a data exata e o local do impacto do asteroide Apophis



Missão salvar a Terra?

Mas o que a NASA não esclarece são os perigos potenciais desta missão.

Este método fará com que o DART colida deliberadamente com um asteroide alvo.
Este método fará com que o DART colida deliberadamente com um asteroide alvo.

Em junho passado, em uma nova simulação realizada por cientistas da Universidade de Berna e do Centro Nacional de Competência em Pesquisa (NCCR PlanetS), os pesquisadores conseguiram criar uma nova abordagem de modelagem que explica as ondas de choque e o processo de formação de crateras que seguiriam o impacto do DART.

Ao contrário das simulações anteriores, este modelo levou em consideração o fato de que o Dimorphos pode não ter um núcleo sólido, mas sim um núcleo mais fragmentado e solto.

Este novo modelo sugere que a missão DART poderia ejetar mais material do Dimorphos do que o esperado e potencialmente alterar seu curso muito mais do que as estimativas anteriores.

Os cientistas confirmam que o asteroide Apophis atingirá a Terra
Imagem representativa.

“Ao contrário do que se pode imaginar ao imaginar um asteroide, evidências diretas de missões espaciais como a sonda Hayabusa2 da agência espacial japonesa (JAXA) demonstram que o asteroide pode ter uma estrutura interna muito frouxa, semelhante a uma pilha de detritos, que é mantida unida. por interações gravitacionais e pequenas forças coesivas”,

disse a autora principal do estudo, Sabina Raducan, pesquisadora de pós-doutorado na Universidade de Berna, em um comunicado.

“Isso pode mudar drasticamente o resultado da colisão do DART e do Dimorphos.”

Eles estão dizendo que Dimorphos poderia se tornar um problema real para a Terra, e o pior de tudo, de forma natural, mas seria artificial, criado por nós.

Esperemos que este desvio não cause uma grande catástrofe.

O que você caro(a) leitor(a) acha da missão DART?

A NASA está colocando a humanidade em perigo?

Deixe sua opinião nos Comentários!
E compartilhe com seus amigos…

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

A Chave dos Mistérios Ocultos(clique para abrir)

A Chave dos Mistérios Ocultos
Notícias

Deixe um Comentário

Перегляньте огляди мобільних казино

Перевірити відгуки про мобільні казино – найпростіший крок. Окрім того, що це один із найважливіших кроків, це також передбачає читання оглядів інших геймерів. Відгуки важливі в будь-якій ситуації, оскільки багато клієнтів діляться своїми знаннями про казино. Однак просто читання відгуків не допоможе вам вирішити, чи це казино є кращим вибором для гри. Тому вам слід дотримуватися всіх інструкцій, викладених у цьому посібнику, щоб дізнатися більше про це мобільне казино.

Рейтинги дають багато інформації про казино https://catalog.sumy.ua/, але це не означає, що їм завжди можна довіряти. Можливо, позитивний відгук про казино був оплачений мінімальними скаргами. Тому необхідне ретельне дослідження, а читання рецензій має бути частиною цього дослідження.

Skip to content