Um dos lados do buraco de minhoca poderia aparecer perto de um planeta, servindo assim de atalho para visitar outros mundos

Uma civilização extraterrestre avançada criou uma rede de transporte através de buracos de minhoca pelo espaço?

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

O astrofísico japonês Fumio Abe, da Universidade de Nagoya, vencedor do Prêmio PASJ por Serviços Distintos (2019), em sua recente publicação para a BBC Science Focus falou sobre a possibilidade de uma civilização ou mesmo alienígenas criarem uma rede de transporte de buracos de minhoca em todo o universo.

Um buraco de minhoca é uma “ponte”, até agora apenas teórica, capaz de dobrar o espaço e o tempo, graças à qual você pode superar instantaneamente em qualquer distância.

Embora o cientista não use a palavra “teletransporte”, por serem interpretações ligeiramente diferentes, o significado é aproximadamente o mesmo, com a única diferença de que ao viajar por um buraco de minhoca, um objeto obedece às leis da física quântica, onde o tempo flui diferente.

Quanto ao tamanho dos buracos de minhoca, segundo Abe, “são enormes” e chegam a milhões de quilômetros. Apesar disso, eles não são tão fáceis de detectar, embora o cientista ofereça uma solução.

Se você mergulhar um pouco na história, os primeiros a sugerir a existência de buracos de minhoca foram Albert Einstein e Nathan Rosen em 1935.

uma civilização extraterrestre avançada criou uma rede de transporte através de buracos de minhoca pelo espaço

Embora parecesse bastante simples no papel, foi possível provar matematicamente que os buracos de minhoca são muito instáveis ​​e mais propensos a entrar em colapso quase imediatamente após sua formação, o que os empurrou para o reino da ficção científica por muitos anos.

No entanto, em 2017, os físicos Ping Gao, Aaron Wall e a física Danielle Jafferis descobriram que esse buraco de minhoca poderia ser mantido aberto por emaranhamento, um vínculo especial no nível quântico.

Ao mesmo tempo, o cientista argentino Juan Maldacena sugeriu há muitos anos que existe uma conexão entre buracos de minhoca e emaranhamento quântico.

Junto com Alexei Milekhin, da Universidade de Princeton, ele encontrou uma maneira teórica de criar grandes buracos de minhoca.

“Se, como sugere Fumio Abe, os buracos de minhoca têm um raio de 100 a 10 milhões de quilômetros e são tão comuns quanto as estrelas comuns, sua detecção pode ser feita reanalisando dados anteriores”,

diz Juan Maldacena.

Os primeiros a sugerir a existência de buracos de minhoca foram Albert Einstein e Nathan Rosen em 1935
Os primeiros a sugerir a existência de buracos de minhoca foram Albert Einstein e Nathan Rosen em 1935.

É preciso uma quantidade astronômica de energia para manter um buraco de minhoca vivo, que deve deixar um rastro. Isso significa revisitar os dados anteriores do SETI para encontrar essas mudanças que nos diriam para onde essas pontes Einstein-Rosen levam.

É assim que podemos detectar nossos vizinhos espaciais…

Se os alienígenas realmente criaram uma rede de buracos de minhoca, eles podem ser detectados usando microlentes gravitacionais.



Sugerimos a leitura das seguintes matérias

Físicos dizem que buracos de minhoca humanicamente transversíveis podem ser criados e com isso: Viajar pelo espaço-tempo é possível

Cientista afirma que os humanos podem um dia migrar para um universo paralelo

Cerca de 10.000 buracos negros gigantescos podem estar “por todos os lados”, revela estudo

Algo sai de um buraco negro pela primeira vez



O fato é que quando um objeto celeste passa entre nós e uma estrela distante, sua gravidade altera a luz da estrela por um curto período de tempo.

Essa técnica já foi usada para detectar milhares de exoplanetas e estrelas distantes estudando como a luz é refratada. Abe sugere que ela pode ser usada para localizar esses buracos de minhoca alienígenas.

Buracos de minhoca seriam um atalho para dois pontos distantes no universo.
Buracos de minhoca seriam um atalho para dois pontos distantes no universo.

Uma teoria tão curiosa oferece à humanidade outra maneira de descobrir de uma vez por todas se as pessoas no universo estão sozinhas ou não.

Felizmente, o método descrito acima não é a única maneira de testar essa teoria…

O artigo de Fumio Abe inclui quatro outros caminhos, dentre os quais se destaca a descoberta de tecnoassinaturas e megaestruturas, estas últimas disponíveis apenas para civilizações extremamente avançadas, e a compreensão ainda não está clara.

E você amigo(a) leitor(a), também acha que civilizações mais avançadas usam buracos de minhoca como “rodovia”?

Deixe sua opinião nos Comentários!
E compartilhe com seus amigos…

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

O Mundo dos Mistérios Ocultos(clique para abrir)

A Chave dos Mistérios Ocultos
Curiosidades

One Comment

  • Silvio Bertaglia

    Se Albert Einstein disse que é possível é

Deixe um Comentário

Skip to content
%d blogueiros gostam disto: