Peixe pré-histórico gigante é capturado no Alabama EUA.

Peixe pré-histórico gigante é capturado no Alabama EUA

Compartilhe esta matéria...
Um enorme peixe jacaré (Atractosteus spatula) foi capturado no Alabama por um pescador e seu filho, certificado como um novo recorde estadual.
Keith Dees e seu filho Huntley estavam pescando no delta do rio Mobile-Tensaw, que deságua no Golfo do México, na parte sudoeste do estado, no último Dia de Ação de Graças, quando pegaram o recorde.

Eles tem a tradição ir à pesca nestas datas e na última saída já tinham apanhado vários cantarilhos e robalos.

Mas o que aconteceu a seguir chocou os dois, com Dees descrevendo a experiência como:

“Um dia que nunca esqueceremos”.

Dees disse em um post no Facebook:

“Por volta das 11h30 resolvemos pescar em mais um ponto. Eu lancei e no meio do caminho para o barco minha isca se soltou. Correndo o mais rápido que pude, me espremi um pouco antes de ver um peixe grande nadar além do meu motor de pesca. Eu não tinha ideia do que era até que veio à tona após cerca de 30 minutos.”

A princípio, Dees pensou ter pescado um cantarilho, mas quando o animal emergiu, acabou percebendo que era um jacaré, e um grande, com cerca de dois metros.

Dees disse ao Outdoor Alabama, o site oficial do Departamento de Conservação e Recursos Naturais do Alabama (DCNR):

“Quando veio à tona, eu sabia que era grande, mas nem remotamente sabia que era um recorde estadual. Isso nunca me passou pela cabeça. Eu amo cozinhar, então pensei em capturar esse peara poder comê-lo. Eu tenho um monte de amigos, e eles pegam e cortam em filetes e escurecem e fazem medalhões. É delicioso. Acho que vou pegar muita carne para congelar.”

Os jacarés são um dos maiores peixes da América do Norte, geralmente medindo 1,80 metros de comprimento e pesando mais de 45 quilos, embora já tenham sido registrados espécimes maiores.

O peixe tem 162lbs ou 73,482kg.
O peixe tem 162lbs ou 73,482kg.

A distribuição conhecida desta espécie, encontrada na bacia do Rio Mississippi, estende-se desde o sudoeste de Ohio, sudeste do Missouri e Illinois até partes da costa do Golfo e pequenas porções do nordeste do México.

Fósseis vivos

O peixe desapareceu de grande parte de sua distribuição histórica como resultado da destruição de seu habitat e do abate indiscriminado.

O nome do animal refere-se ao seu característico focinho de crocodilo e dentes afiados. Os jacarés são frequentemente chamados de “fósseis vivos” porque seu registro fóssil remonta a quase 100 milhões de anos.

Cerca de duas horas e meia depois de pegar o jacaré no delta do rio Mobile-Tensaw, Dees e seu filho conseguiram colocar uma corda em volta da cabeça e arrastá-lo até o barco.

Peixe jacaré (Atractosteus spatula) - O nome do animal refere-se ao seu característico focinho de crocodilo e dentes afiados.
Peixe jacaré (Atractosteus spatula) – O nome do animal refere-se ao seu característico focinho de crocodilo e dentes afiados.

Dees disse:

“Quando ele chegou ao barco, éramos como duas colegiais, como se ninguém fosse acreditar no que havia acontecido.”

O peixe foi oficialmente pesado na marina de Orange Beach, e a balança registrou 162 libras.



Sugerimos a leitura das seguintes matérias

Mistério Em Cingapura: Enorme Peixe “Pré-Histórico” do Tamanho de um Crocodilo Encontrado Morto

Encontram um fóssil de um pássaro pré-histórico semelhante a um pequeno dragão

Um estudo revelou um fóssil de unicórnio siberiano de mais de 40.000 anos

Encontrado fóssil cavalo extinto há mais de 40.000 anos



Peixe pré-histórico gigante.
Peixe pré-histórico gigante.

Este número supera o recorde anterior do estado do Alabama, que pesava 151 libras. A última captura foi posteriormente certificada como recorde estadual pela Divisão de Pesca e Fauna de Água Doce DCNR.

Embora pai e filho não tenham saído para pegar um jacaré, Dees declarou que foi “uma grande experiência”.

O recorde mundial desta espécie foi capturado no Mississippi, com quase 3 metros de comprimento e 148 quilos de peso.

Infelizmente mais uma vez a crueldade, ganancia e ignorância; faz uma espécie entrar em perigo de extinção!
Será que não bastava ter pesado, registado e depois ter devolvido ao rio?

Qual é a sua opinião, caro(a) leitor(a)?

Deixe sua opinião nos Comentários!
E compartilhe com seus amigos…

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

A Chave dos Mistérios Ocultos(clique ou toque para abrir)


Descubra mais sobre A Chave dos Mistérios Ocultos

Subscribe to get the latest posts sent to your email.

A Chave dos Mistérios Ocultos
Notícias

Deixe um Comentário