Imagens mostram golfinhos “voando” durante passagem de furacão | São Verdadeiras?

Não se sabe o que leva a pessoa a produzir esse tipo de material. Mas, sabe-se que as fotos são montagens.
Então confira como a matéria foi publicada:
No último sábado (31/8), durante a passagem do furacão Dorian, que arrasou as Bahamas, no Caribe, o fotógrafo do portal The Wh… caçador de tornados e furacões, fez um registro de um golfinho sendo arrastado pelos fortes ventos do fenômeno.
golfinho voador foi registrado nas Bahamas durante a passagem do furacão Dorian
golfinho voador foi registrado nas Bahamas durante a passagem do furacão Dorian

Registro foi feito pelo fotógrafo Er… Segundo o jornal, dezenas de golfinhos caíram em telhados de residências próximas à costa da Flórida.

Porém em uma rápida pesquisa, achamos outra foto com um golfinho “voando”:
Foto mostra suposto golfinho sendo arremessado em razão da força do Dorian – Reprodução Facebook
Foto mostra suposto golfinho sendo arremessado em razão da força do Dorian – Reprodução Facebook

O oceanógrafo físico Carlos Teixeira, professor do Instituto de Ciências do Mar da Universidade do Ceará, afirma que um furacão não conseguiria arremessar um animal.

Um furacão é monstruoso, mas não se movimenta rápido. Ele não é uma centrífuga, que suga e arremessa, como muita gente pensa”,

diz Teixeira.

E explica que o furacão Dorian tem ventos de 300 quilômetros por hora, mas ele se desloca a 5 quilômetros por hora. As mortes humanas provocadas por um furacão são em sua maioria por afogamento, segundo ele, já que a força dos ventos faz o nível do mar aumentar.


Milagre? Como o tumor cerebral de um padre desaparece logo antes de ser operado

Japão aprova experimentos híbridos entre humanos e animais usando células-tronco

Centenas de criaturas do mar caem do céu durante a tempestade na China


O professor afirma que animais aparecem mortos nas praias e ruas após as tempestades por terem acompanhado o nível da água.

O retorno do mar é muito mais rápido do que a enchente, então eles acabam ficando presos e não acompanham a volta do nível ao seu normal.”

Os golfinhos não existem nas fotografias originais. Além disso, as imagens datam de mais de dez anos atrás e representam furacões diferentes:

Fotos originais mostram que golfinhos voadores eram montagem
Fotos originais mostram que golfinhos voadores eram montagem

A primeira foi publicada pela BBC em 2004, ilustrando as consequências do furacão Frances na costa da Flórida, Estados Unidos; já a segunda foi divulgada pela Marinha americana em 2005 para mostrar a força do furacão Dennis em Key West, cidade também localizada na Flórida.

Teixeira explica que outro fenômeno, o tornado, é capaz de funcionar como uma centrífuga, arremessando pequenos animais  por ter dimensões menores, ser veloz e formado em terra, não no oceano, como o furacão.

Teixeira afirma que tornados chegam a ser mais perigosos por sua imprevisibilidade e velocidade.

Se um tornado passar por cima de um lago, pode sim chover peixe”,

explica Teixeira.

Inclusive muito portais de noticias que se jugam “sérios” divulgaram estas fotos como verdadeiras!

Será o combate a fake news não se aplica a eles?

Fonte: aqui

Comente