Rockwall, enorme cidade subterrânea pré-histórica com esqueletos gigantes

Rockwall, enorme cidade subterrânea pré-histórica com “esqueletos gigantes”

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

Sob as fundações da cidade pré-histórica de Rockwall, no Texas, escondem-se enormes muros que protegem corredores, salas e rampas que atingem áreas bastante profundas do local.
Uma cidade subterrânea inteira jaz naquele lugar, e sua idade é contada em dezenas de milhares de anos. Rockwall, Texas é uma cidade com o nome de uma misteriosa formação subterrânea que tem intrigado e fascinado as pessoas por mais de um século.

Abaixo da cidade encontra-se uma fileira de pedras minerais duras que parecem ser empilhadas umas sobre as outras, formando o que parece ser uma parede de rocha. A parede tem cerca de 30 quilômetros de comprimento e cerca de sete andares de profundidade, e foi exposta em pelo menos 11 lugares diferentes na cidade.

Mas qual é a origem e natureza desta parede?

É um fenômeno natural ou uma construção pré-histórica?

Descoberta do Rockwall

A primeira descoberta da parede foi feita em 1852 por Benjamin Boydstun, Terry Utley Wade e William Clay Stevenson, que estavam cavando um poço na propriedade de Wade.

O enorme muro de Rockwall.
O enorme muro de Rockwall.

Eles encontraram as rochas com cerca de 3 metros de profundidade e observaram que pareciam tijolos alongados dispostos em um padrão regular. Eles também encontraram um disco redondo de metal embutido em uma das pedras, que era feito de ferro.

A descoberta despertou curiosidade e especulação entre os moradores, que se perguntavam se o muro teria sido construído por uma civilização antiga ou mesmo por extraterrestres. Ao longo dos anos, várias tentativas foram feitas para escavar e estudar a parede, tanto por geólogos profissionais quanto por amadores entusiastas.

Algumas das escavações revelaram mais características da parede, como degraus, arcos, corredores e até marcas que lembram escrita ou desenhos, Fósseis, fragmentos de cerâmica e outros artefatos também foram encontrados perto da parede, sugerindo que ela estava associada à atividade humana.

O mistério tem mais de 150 anos.
O mistério tem mais de 150 anos.

No entanto, nenhuma dessas reivindicações foi verificada ou documentada por fontes confiáveis. A explicação mais aceita para a parede é que se trata de uma formação natural, resultado do depósito e fratura de material sedimentar ao longo de milhões de anos.

Esta teoria foi proposta pela primeira vez pelo Dr. Robert T. Hill em 1901, que examinou a parede e concluiu que era um dique de arenito que se formou ao longo de uma linha de falha. Ele também identificou o disco metálico como uma concreção, uma massa esférica de minerais que se forma dentro de rochas sedimentares.

Enorme construção subterrânea

Estudos subsequentes de geólogos da Universidade do Texas em Dallas confirmaram as descobertas de Hill e explicaram que a parede é composta de diques clásticos, que são rachaduras na crosta terrestre preenchidas com sedimentos de cima ou de baixo.

Escavação em 1949
Escavação em 1949.

Os sedimentos podem endurecer e quebrar em várias formas e padrões, dependendo das condições de pressão e temperatura. Os diques clásticos são comuns em todo o mundo, mas os diques Rockwall são únicos em tamanho e aparência.

No entanto, nem todos estão convencidos dessa explicação natural. Alguns ainda acreditam que a parede é uma estrutura artificial, construída por uma cultura antiga que possuía conhecimentos avançados e habilidades em engenharia e alvenaria.

Eles apontam a simetria e regularidade da parede, bem como seu alinhamento com os pontos cardeais e fenômenos astronômicos. Eles também sustentam que a teoria natural não explica todas as características e anomalias da parede, como o disco de metal, degraus, arcos e marcações.

Rockwall o descubrimiento
Estrutura do grande muro em Rockwall.

Eles sugerem que o muro pode ter sido construído por povos pré-históricos que habitaram a América do Norte antes ou durante a Idade do Gelo, ou por visitantes de outro planeta que deixaram vestígios de sua presença.

Mark Russo, ex-presidente da Fundação Histórica do Condado de Rockwall e fã de história de Rockwall, se pergunta a mesma coisa há anos. Russo disse que está profundamente envolvido com o muro e sua história desde 2005.

Russo disse:

“Quando você vê como parece perfeito e como as pedras se alinham… nunca vi um comportamento tão consistente.”

O mapa descreve a estrutura de Rockwall

No Rockwall County Historical Foundation Museum, um mapa descreve as possíveis localizações das formações rochosas. Existem cerca de 16 afloramentos em todo o condado, disse Russo, alguns abaixo do lago Ray Hubbard.

Rockwall County Historical Foundation.
Rockwall County Historical Foundation.

Russo acredita que uma civilização anterior poderia ter manipulado a formação rochosa para atender às suas necessidades, talvez na forma de um templo ou fortaleza. Russo disse que viajou pelo país para vários estados para ver se existem formações semelhantes, sem sorte.

Russo afirma:

“Talvez não haja como descobrir como as rochas foram formadas e para que poderiam ter sido usadas. Mas tudo faz parte do apelo da face da rocha. O mistério tem mais de 150 anos e também tem sido um grande orgulho para a comunidade”, eu acho que é mais do que apenas uma parede de pedra. Acho que se tornou um símbolo do que nossa comunidade é, que somos algo imóvel que durará por gerações”.



Sugerimos a leitura das seguintes matérias

Hieróglifos encontrados na grande pirâmide de Gizé são semelhantes aos símbolos ‘ovni’ de Roswell

O mistério de uma antiga pirâmide na China: Seria uma antiga base “alienígena”?

Matilda O’donnell Mcelroy: A enfermeira que comunicou um alienígena em Roswell

Áudios vazados mostram que Albert Einstein investigou o OVNI de Roswell



Rockwall, Texas, é uma cidade cujo nome deriva de uma misteriosa formação subterrânea que intriga e fascina as pessoas há mais de um século.
Rockwall, Texas, é uma cidade cujo nome deriva de uma misteriosa formação subterrânea que intriga e fascina as pessoas há mais de um século.

A origem do muro gerou teorias, incluindo a de uma civilização antiga, evidências da presença de OVNIs ou assentamentos nativos americanos, segundo Russo. Alguns até teorizaram que uma possível erupção supervulcânica poderia ter coberto as possíveis ruínas.

É improvável que o debate sobre a antiga parede de rocha de Rockwall seja resolvido tão cedo quanto mais evidências e argumentos forem apresentados por ambos os lados. A parede continua sendo uma fonte de admiração e mistério para muitas pessoas que visitam ou vivem em Rockwall.

Quer se trate de um fenómeno natural ou de uma construção pré-histórica, não há dúvida de que se trata de um elemento extraordinário que merece atenção e respeito.

Veja o vídeo:

(Obs: O vídeo está em espanhol; porém você pode ativar as legendas em português. (clique aqui e veja como fazer))

Deixe sua opinião nos Comentários!
E compartilhe com seus amigos…

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

A Chave dos Mistérios Ocultos(clique ou toque para abrir)

Luana Seretni
Mistérios

Deixe um Comentário

Skip to content