O Coronavírus pode ter “escapado” de um dos laboratórios mais perigosos do mundo

Mais um dia, uma notícia que está afetando em todo o mundo.

O Coronavírus pode ter “escapado” de um dos laboratórios mais perigosos do mundo

À medida que o mortal vírus Coronavírus se espalha pelo mundo, parece que os especialistas concordam com a China sobre como ele contém o surto viral.

As linhas ferroviárias foram fechadas, os vôos foram cancelados e a cidade de Wuhan foi fechada em uma das maiores quarentenas da história.

Enquanto isso, as autoridades chinesas estão procurando a pessoa responsável pelo surto. Mas o que muitas pessoas não sabem é que Wuhan tem um dos laboratórios de vírus mais mortais do mundo, especializado em coronavírus.

Laboratório Nacional de Biossegurança de Wuhan

Os cientistas alertaram em 2017 que um vírus semelhante ao SARS poderia escapar de um laboratório localizado em Wuhan, onde são investigados alguns dos patógenos mais perigosos do mundo.

O Coronavírus pode ter “escapado” de um dos laboratórios mais perigosos do mundo

Agora, o chamado 2019-nCoV infectou mais de 800 pessoas, se espalhou para pelo menos em 10 outros países.

A China instalou um dos biolabs planejados, projetados para a máxima segurança em Wuhan em 2017, com o objetivo de estudar os patógenos de maior risco, incluindo o vírus Ebola e o SARS.

O que é SARS?

Síndrome respiratória aguda grave (geralmente abreviada SARS, do inglês Severe Acute Respiratory Syndrome) é uma doença respiratória viral de origem zoonótica causada pelo coronavírus SARS.



Médico do CDC alerta: A vacina contra a gripe desastrosa está causando um surto mortal de gripe

Encontram a mais antiga evidência da peste negra, nos ossos da mulher

Conheça algumas das mais estranhas e bizarras doenças de um livro de fotografias

A misteriosa síndrome de Cotard



No momento, não há dúvida de que a instalação teve algo a ver com o surto, além de ser responsável pela sequência crucial do genoma que permite aos médicos diagnosticá-lo”,

disse o Dr. Richard Ebright, microbiologista da Universidade Rutgers, para Daily Mail.

O Laboratório Nacional de Biossegurança de Wuhan está localizado a cerca de 30 quilômetros do mercado de frutos do mar de Huanan.

Foi criado com a intenção de ajudar a China a contribuir para a pesquisa dos vírus mais perigosos do mundo. Foi o primeiro laboratório do país projetado para atender aos padrões de biossegurança nível 4 (BSL-4), o mais alto nível de risco biológico, o que significa que estaria qualificado para abrigar os patógenos mais perigosos que pode existir.

O Coronavírus pode ter “escapado” de um dos laboratórios mais perigosos do mundo

Os laboratórios BSL-4 devem estar equipados com roupas herméticas para materiais perigosos e urnas especiais de contenção para vírus e bactérias que possam ser transmitidas pelo ar.

Existem 54 laboratórios BSL-4 em todo o mundo. O primeiro na China, em Wuhan, recebeu o credenciamento oficial em janeiro de 2017.

Em janeiro de 2018, o laboratório estava operacional ‘para experimentos globais em patógenos BSL-4′. O laboratório de Wuhan também está equipado para pesquisa com animais.

Após o vazamento de uma cepa de SARS de outro laboratório em 2004, o antigo Ministério da Saúde da China iniciou a construção de laboratórios de preservação de patógenos de alto nível, como SARS, coronavírus e vírus da gripe pandêmica.

Qual é a verdade?

Um relatório publicado hoje alerta que o novo vírus mortal da China poderá infectar 350.000 pessoas em uma única cidade até o final do mês, e os médicos diagnosticam apenas um em cada 20 casos.

O Coronavírus pode ter “escapado” de um dos laboratórios mais perigosos do mundo

Os cientistas agora dizem que milhares de pessoas poderiam pegar o vírus sem saber que o tinham, o que torna muito mais fácil se espalhar do que se pensava inicialmente.

Mesmo assim, incompreensivelmente a Organização Mundial da Saúde (OMS) decidiu não decretar a emergência internacional para o coronavírus.

Isso causou todo tipo de crítica dentro da comunidade científica.

Muitos cientistas alertam que essa é uma irresponsabilidade do organismo responsável por gerenciar políticas de prevenção, promoção e intervenção de saúde em todo o mundo.

O Coronavírus pode ter “escapado” de um dos laboratórios mais perigosos do mundo
Foram identificados sintomas como febre, tosse, dificuldade em respirar e falta de ar. Em casos mais graves, há registro de pneumonia, insuficiência renal e síndrome respiratória aguda grave.

Por outro lado, os teóricos da conspiração apontam que tanto a OMS quanto o governo chinês estão escondendo uma catástrofe em escala mundial.

E, como se isso não bastasse, eles publicaram vídeos perturbadores que mostram pessoas desmaiando nas ruas da cidade chinesa. Dezenas de vídeos gravados em Wuhan mostram pessoas deitadas nas ruas, assistidas por médicos.

Em um dos vídeos, você pode ver um homem deitado no meio de uma rua enquanto pessoas com máscaras assistem. Logo após, outra pessoa aparece vestida com um traje de proteção.

Embora as imagens mais perturbadoras sejam aquelas que mostram militares de terno branco em uma estação de trem e hospitais cheios de pessoas doentes.

Mas não termina aqui, parece que um novo hospital está sendo construído com urgência em Wuhan, embora muitos apontem que é uma grande vala comum para os milhões de mortos que virão.

O Coronavírus pode ter “escapado” de um dos laboratórios mais perigosos do mundo

Sem dúvida, estamos enfrentando uma pandemia, como a de 1918, onde morreram, mais de 40 milhões de pessoas. Mas desta vez a origem não seria animal, mas teria sido causada por um erro humano.

Há muitos filmes que previam que algo assim acontecesse, como “Twelve Monkeys” em 1995 ou “Contagion” em 2011, para citar alguns. Mas, como podemos ver, a realidade supera a ficção.

Agora veja esta imagem:

O Coronavírus pode ter “escapado” de um dos laboratórios mais perigosos do mundo

Coincidência?

A Chave dos Mistérios Ocultos

Você já tem a chave, mas terás a coragem de abrir?

Deixe um Comentário