Cientistas descobriram uma maneira de observar radiação estranha em torno de buracos negros

Cientistas descobriram uma maneira de observar radiação estranha em torno de buracos negros

Compartilhe esta matéria...
Os cientistas descobriram uma nova maneira de observar a radiação Hawking, que antes era difícil de observar.

Em suas investigações sugere que as fusões de buracos negros podem criar pequenos buracos negros do tamanho de asteroides que emitem radiação específica que pode ser detectada através de telescópios modernos.

As fusões de buracos negros são um fenômeno há muito previsto pelos cientistas, mas nunca antes observado.

Buracos negros supermassivos escondidos em aglomerados globulares
Imagem ilustrativa. — Crédito: IA-A Chave dos Mistérios Ocultos.

Os cientistas dizem que durante tais eventos, pequenos buracos negros podem ser criados e depois lançados no espaço. Devido ao seu pequeno tamanho, estes buracos negros “superficiais” poderiam permitir um estudo mais detalhado da radiação Hawking, uma teoria desenvolvida pelo famoso físico Stephen Hawking.

A radiação emitida por esses pequenos buracos negros tem uma “impressão digital” especial – consiste em fótons de alta energia na forma de raios gama.

Os cientistas acreditam que os níveis de energia dessas explosões de raios gama podem ser detectados usando telescópios especializados, como o observatório de raios gama High Altitude Water Cherenkov (HAWC).

Um buraco negro é uma estrela colapsada que se tornou tão densa que nada pode escapar de sua atração gravitacional. Nem luz.
Um buraco negro é uma estrela colapsada que se tornou tão densa que nada pode escapar de sua atração gravitacional. Nem a luz.


Sugerimos a leitura das seguintes matérias

Algo sai de um buraco negro pela primeira vez

O planeta Terra poderia estar dentro de um buraco negro?

Cerca de 10.000 buracos negros gigantescos podem estar “por todos os lados”, revela estudo



Os autores do estudo enfatizam que a observação da radiação Hawking desses pequenos buracos negros poderia lançar uma nova luz sobre a física das partículas e sobre as inconsistências no modelo padrão da física.

Além disso, se estes tipos de pequenos buracos negros existissem no Universo primitivo, poderiam até fazer parte da misteriosa matéria escura.

Embora esta descoberta ainda exija mais investigação e verificação, os cientistas estão entusiasmados em explorar a física até então desconhecida que rodeia os buracos negros.

Deixe sua opinião nos Comentários!
E compartilhe com seus amigos…

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

A Chave dos Mistérios Ocultos(clique ou toque para abrir)


Descubra mais sobre A Chave dos Mistérios Ocultos

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Andressa Dal Paz Balbinot
Notícias

Deixe um Comentário