Skip to main content
Uma misteriosa estrutura fotografada na cratera Aristarchus na lua

Uma misteriosa “estrutura” fotografada na cratera Aristarchus na lua

O Planalto Aristarchus é um dos lugares da Lua com maior diversidade geológica.
É um misterioso planalto elevado.
As imagens ampliadas da fotografia HD da espaçonave LRO.

É um misterioso planalto elevado, onde uma cratera gigante é esculpida pelo impacto de um asteroide ou cometa, criando um buraco gigante no solo lunar, com uma seção transversal de mais de 3.000 metros de profundidade.

A cratera não é apenas do interesse de todos os entusiastas de OVNIs e alienígenas, mas também do caçador de anomalias Scott Waring.

Depois de estudar cuidadosamente a fotografia da sonda de alta resolução postada pelo site LROC(clique para ver em alta resolução ele comenta:

Isso mostra muitos objetos desconhecidos e misteriosos dentro da cratera, revelando um antigo assentamento ou um local de mineração com estruturas desconhecidas.”

Mas recentemente Scott Waring, voltando para explorar a cratera, descobriu uma antiga base alienígena na parede oeste de Aristarco.

As imagens ampliadas da fotografia HD da espaçonave LRO mostram um edifício abobadado com entradas laterais e uma parede em forma de “trapézio” que também projeta sua sombra na superfície lunar.

Parede oeste da cratera Aristarchus vista obliquamente pelos NACs do LROC de uma altitude de apenas 26 km. A cena tem cerca de 12 km de largura na base
Parede oeste da cratera Aristarchus vista obliquamente pelos NACs do LROC de uma altitude de apenas 26 km. A cena tem cerca de 12 km de largura na base.

De acordo com especialistas em OVNIs que analisaram as imagens com ampliações relativas, eles relatam que a NASA tem conhecimento deste edifício abobadado.

Os mesmos astronautas Buzz Aldrin e Neil Armstrong tiveram uma experiência estranha nesta mesma área da lua.



Confira mais:

Rover Yutu 2 da China encontra um “objeto incomum” do outro lado da lua

O cosmonauta russo compartilha um vídeo afirmando que a Lua é um holograma

Existem ruínas na lua? O início da arqueologia fora da terra?

Asteroide que acabou com os dinossauros também pode ter enviado seus ossos para a lua



De acordo com um relatório da Associated Press datado de 20 de julho de 1969, os astronautas viram luzes estranhas dentro da cratera Aristarchus, onde seu módulo lunar deveria pousar no dia seguinte.

Em seu primeiro passeio pela cratera Aristarchus, Armstrong descreveu uma misteriosa luz brilhante dentro da cratera, localizada ao norte de sua rota de voo.

O astronauta relatou que parecia ter algum tipo de fluorescência e que a cratera estava muito brilhante. Armstrong confirmou:

Essa área é definitivamente mais brilhante do que qualquer outra coisa que eu possa ver. A infinidade de cores observadas não parece vir de uma determinada área dentro da cratera, é muito preocupante”.

Deixe sua opinião nos Comentários…
Compartilhe com seus amigos…

Deixe um Comentário