Bomba nuclear é um dispositivo explosivo que deriva sua força destrutiva das reações nucleares, tanto de fissão ou de uma combinação de fissão e fusão.

Os EUA alertam que estamos à beira de uma guerra nuclear iminente e inevitável

Será que estamos à beira de uma guerra nuclear iminente e inevitável
Bomba nuclear é um dispositivo explosivo que deriva sua força destrutiva das reações nucleares, tanto de fissão ou de uma combinação de fissão e fusão.
Bomba nuclear é um dispositivo explosivo que deriva sua força destrutiva das reações nucleares, tanto de fissão ou de uma combinação de fissão e fusão.

Preocupações sobre a Terceira Guerra Mundial foram geradas em todo o mundo após a morte do Major General iraniano Qassem Soleimani em um ataque aéreo americano em janeiro de 2020.

Agora que uma pandemia mortal está se espalhando pelo mundo e motins fazem parte do nosso dia a dia, muitos estão convencidos que todos esses eventos nos levarão a uma guerra sem precedentes na história moderna.

E em meio a tensões crescentes, a geração do milênio está mais preocupada do que nunca por estarmos à beira da Terceira Guerra Mundial.

A geração do milênio considera a guerra e o conflito uma das cinco principais questões que afetam as pessoas em todo o mundo atualmente.

Quarenta e sete por cento acreditam que a Terceira Guerra Mundial ocorrerá em sua vida, e dois em cada cinco millennials de países sem conflito acreditam que é muito provável que sejam afetados por uma guerra ou conflito armado no futuro.

E talvez eles não estejam totalmente errados, já que o Comando Estratégico dos Estados Unidos advertiu que o mundo deve se preparar para a guerra nuclear, pois os conflitos atuais podem aumentar muito rapidamente.

Guerra nuclear iminente?

O Comando Estratégico dos Estados Unidos, um dos nove comandos unificados do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, é responsável por emitir uma declaração de posição a cada ano, na qual informa ao Congresso sobre a situação do Comando Estratégico e atualiza o orçamento do próximo ano.

Ele também fornece informações sobre possíveis conflitos futuros e sua prontidão para combate. Mas na segunda-feira, ele revelou que planeja informar o Congresso sobre a atual ameaça de guerra nuclear.

O espectro do conflito hoje não é linear ou previsível”,

tuitou na prévia de sua declaração.

Devemos levar em conta a possibilidade de que um conflito leve a condições que podem levar muito rapidamente um adversário a considerar o uso nuclear como a opção menos ruim.”

Na terça-feira de manhã, o comandante Charles Richard começou seu testemunho perante o Comitê de Serviços Armados da Câmara e o Comitê de Serviços Armados do Senado.

Pela primeira vez na história, a nação enfrenta dois adversários de pares estratégicos e com capacidade nuclear ao mesmo tempo, que devem ser dissuadidos de outra forma”,

continua o Comando Estratégico.



Ligações:

A Pandemia de Coronavírus é o Início da Terceira Guerra Mundial?

Os EUA planejam criar “armas espaço-tempo” para seus militares

Documento declara que um OVNI transformou 23 soldados ucranianos em pedra



O almirante Richard continuará seu testemunho nesta quarta-feira à tarde. Antes de sua reunião com os comitês, o almirante quatro estrelas, disse ao jornal The Hill que os Estados Unidos estão se preparando para uma guerra que não travou antes.

O Comando Espacial dos Estados Unidos enfrenta um dilema único em que não podemos planejar conflitos futuros com base em como lutamos os conflitos do passado, mesmo se estivéssemos dispostos a fazê-lo”,

acrescentou Richard.

Será que estamos à beira de uma guerra nuclear iminente e inevitável?
Será que estamos à beira de uma guerra nuclear iminente e inevitável?

Em vez disso, estamos nos preparando para a guerra que ainda não foi travada.

Por que temos que nos preparar para tal conflito quando o espaço tem sido tradicionalmente um domínio pacífico, aberto a todos para exploração, e cujos benefícios aumentam a vida de praticamente todos os seres humanos na Terra?

Como em breve testemunharei perante o Congresso, a resposta é porque concorrentes altamente capazes percebem as vantagens militares e econômicas extraordinárias que as capacidades baseadas no espaço trazem para os Estados Unidos e nossos aliados.”

O Comando Estratégico dos Estados Unidos (USSTRATCOM) é um “comando de guerra global” que opera para deter ataques estratégicos e empregar forças para garantir a segurança de nação e dos aliados.

Mas também controla o lançamento de qualquer arma nuclear.

No mês passado, o comando alertou que os Estados Unidos agora devem estar preparados para uma guerra nuclear em grande escala com a China ou a Rússia.

Richard diz que a possibilidade de um conflito apocalíptico com superpotências rivais agora é uma “possibilidade real“.

Sua terrível advertência sobre a Terceira Guerra Mundial, ocorrida em meio a crescentes tensões globais, veio em uma grande revisão do atual equilíbrio de poder para a tecnologia nuclear.

Bomba do Tzar
Tsar Bomb foi uma bomba RDS-220, a mais potente arma nuclear já detonada. Desenvolvida pela União Soviética, a bomba de 58 megatons levava o nome-código de “Ivan”, dado pelos seus desenvolvedores. A bomba foi testada em 30 de Outubro de 1961, em Nova Zembla, uma ilha no oceano Ártico.

Há uma possibilidade real de que uma crise regional com a Rússia ou a China possa rapidamente se transformar em um conflito envolvendo armas nucleares, se eles perceberem que uma perda convencional ameaçaria o regime ou o estado”,

enfatizou Richard.

Ele afirmou que ambos os países começaram a desafiar agressivamente as normas internacionais de “maneiras não vistas desde o auge da Guerra Fria“.

O senhor da guerra citou um aumento nos ataques cibernéticos e ameaças no espaço, bem como seu investimento em armas avançadas, incluindo armas nucleares hipersônicas.

E caso alguém ainda tenha dúvidas se estamos à beira de uma guerra nuclear, esta semana as autoridades americanas alertaram que estão dispostas a proteger o Japão até com armas nucleares, após certos incidentes relacionados à China.

Vamos torcer para que as terríveis profecias apocalípticas que sinalizam o início da Terceira Guerra Mundial em 2021 não se cumpram, para o bem de todos.

E você amigo(a) leitor(a) acha que estamos à beira da Terceira Guerra Mundial?

Deixe sua opinião nos Comentários…
Compartilhe com seus amigos…
A Chave dos Mistérios Ocultos
Catástrofes

Deixe um Comentário