Cientistas criam fermento de padeiro humano em laboratório

As previsões de Soylent Green se tornam realidade: Cientistas criam fermento de padeiro humano em laboratório

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

O ano é 2022…

Nosso planeta superlotado está passando por mudanças climáticas catastróficas, as megacorporações têm poder excessivo sobre o governo e uma vida decente é um luxo que apenas 1% pode pagar.

Não estamos falando da realidade em que vivemos, mas são previsões que foram estabelecidas há meio século no filme distópico Soylent Green.

Centenas de filmes tentaram visualizar o futuro; a maioria não consegue.

Mas cerca de 49 anos atrás, os roteiristas de Hollywood revelaram nosso destino para nós.

O filme Soylent Green é ambientado no ano de 2022.
Apesar de ter sido traduzido no Brasil para No Mundo de 2020, o filme Soylent Green é ambientado no ano de 2022. O enredo exibe uma realidade distópica em que a população enfrenta desigualdade, escassez e catástrofes.

Soylent Green, lançado em 1973 e baseado em um romance de Harry Harrison, foi assustadoramente presciente.

É ambientado no futuro distante de 2022…

É estrelado por Charlton Heston, que interpreta um detetive da polícia de York em um planeta que se parece muito com o nosso, a trama gira em torno de uma investigação de assassinato.

Mais importante, porém, fala sobre o consumo excessivo e como isso fez com que os produtos frescos se tornassem escassos. Uma alface, dois tomates e um alho-poró custam US$ 279, e um pedaço de carne é um luxo quase inatingível.

É por isso que a população é obrigada a se alimentar dos produtos da corporação Soylent, cujos produtos contêm “concentrado vegetal de alta energia”, ou melhor, feito de carne humana.

Infelizmente, essa previsão do Soylent Green também se tornou realidade.

O futuro está aqui

O laboratório de Daran-Lapujade pegou DNA humano (em vermelho) codificando funções centrais em células musculares e o inseriu no DNA (cromossomos em roxo) de uma célula de levedura (em amarelo).
O laboratório de Daran-Lapujade pegou DNA humano (em vermelho) codificando funções centrais em células musculares e o inseriu no DNA (cromossomos em roxo) de uma célula de levedura (em amarelo).

Uma equipe de cientistas da Delft University of Technology, na Holanda, conseguiu inserir pela primeira vez genes de músculos humanos em fermento de padeiro.

Os genes humanos em questão expressam uma via metabólica que envolve a quebra de açúcares para produzir energia, o mesmo mecanismo que está envolvido em muitos distúrbios comuns (incluindo, mas não limitado a câncer).

Isso significa que a “levedura humanizada” projetada pode abrir muitas portas nos campos de triagem de drogas e pesquisa do câncer, provando de uma vez por todas que, sim, a levedura pode servir como uma excelente ferramenta no arsenal de um médico científico.

Mas também, não, você não é o único que acha que enfiar genes humanos em algum fermento de padeiro é realmente assustador.

Os cientistas médicos podem usar esse modelo de levedura humanizado como uma ferramenta para triagem de medicamentos e pesquisa de câncer
Imagem retirada do filme, mostra a produção de proteína.

“Parece estranho, já que as leveduras vivem como células únicas e os humanos consistem em um sistema substancialmente mais complexo, mas as células funcionam de maneira muito semelhante”,

disse Pascale Daran-Lapujade, pesquisador da TU Delft e principal autor de um novo estudo publicado na revista Cell Reports, em um comunicado.

“Em comparação com células ou tecidos humanos, a levedura é um organismo fantástico por sua simplicidade de crescimento e acessibilidade genética”

“Seu DNA pode ser facilmente modificado para abordar questões fundamentais. Muitas descobertas fundamentais, como o ciclo de divisão celular, foram elucidadas graças à levedura.”

A pesquisa também demonstra o poder da edição de genes, eles não apenas transplantaram os genes humanos em leveduras, mas também removeram os genes de levedura correspondentes e os substituíram inteiramente por genes musculares humanos.

Os genes do músculo humano foram inseridos com sucesso no DNA da levedura de padeiro pela biotecnologista Pascale Daran-Lapujade e sua equipe na Delft University of Technology
Os genes do músculo humano foram inseridos com sucesso no DNA da levedura de padeiro pela biotecnologista Pascale Daran-Lapujade e sua equipe na Delft University of Technology.

“Você pode pensar que não pode trocar a versão de levedura pela humana, porque é um processo muito específico e fortemente regulado em células humanas e de levedura”,

acrescentou Daran-Lapujade e continou:

“Mas funciona muito bem.”

De fato, Daran-Lapujade e seus colegas ficaram surpresos ao descobrir que as enzimas que os genes humanos produziam em leveduras eram surpreendentemente semelhantes às das células humanas, e a equipe não quer ficar lá.



Sugerimos a leitura das seguintes matérias

“O homem que caiu na Terra”: A aventura de um alienígena para salvar um planeta

Cientista prevê que casais em breve terão bebês digitais no Metaverso

Cientistas criam acidentalmente hamsters zumbis ultra agressivos



Soylent Green é mais relevante agora do que nunca
Soylent Green é mais relevante agora do que nunca.

“Este é apenas o ponto de partida, podemos humanizar ainda mais a levedura e, passo a passo, construir um ambiente humano mais complexo na levedura”,

concluiu Daran-Lapujade.

Mostra-se que os cientistas perderam completamente o norte.

Não se contentam apenas em conscientizar a inteligência artificial, que agora quer “humanizar” a alimentação.

E o pior de tudo, o futuro distópico de Soylent Green se torna realidade, no exato momento em que ele o previu.

Quais são os limites da ciência?

Deixe sua opinião nos Comentários!
E compartilhe com seus amigos…

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

O Mundo dos Mistérios Ocultos(clique para abrir)

A Chave dos Mistérios Ocultos
Notícias

Deixe um Comentário

Перегляньте огляди мобільних казино

Перевірити відгуки про мобільні казино – найпростіший крок. Окрім того, що це один із найважливіших кроків, це також передбачає читання оглядів інших геймерів. Відгуки важливі в будь-якій ситуації, оскільки багато клієнтів діляться своїми знаннями про казино. Однак просто читання відгуків не допоможе вам вирішити, чи це казино є кращим вибором для гри. Тому вам слід дотримуватися всіх інструкцій, викладених у цьому посібнику, щоб дізнатися більше про це мобільне казино.

Рейтинги дають багато інформації про казино https://catalog.sumy.ua/, але це не означає, що їм завжди можна довіряти. Можливо, позитивний відгук про казино був оплачений мінімальними скаргами. Тому необхідне ретельне дослідження, а читання рецензій має бути частиною цього дослідження.

Skip to content