Cookie Consent by Free Privacy Policy GeneratorAtualizar preferências de cookies

Uma mancha solar perigosa que causou uma erupção classe x voltou-se para a terra

Uma mancha solar “perigosa” que causou uma erupção “classe x” voltou-se para a terra

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

Uma mancha solar “perigosa” disparou uma intensa explosão solar de classe “X” em direção à Terra, causando um apagão de rádio em toda a região do Pacífico Sul.
O Solar Dynamics Observatory (SDO) da NASA registrou a erupção na sexta-feira, pouco antes da 1h do horário universal coordenado, ou 20h do horário do leste (ET) de quinta-feira.

Explosões solares são explosões gigantescas que ocorrem em uma região localizada da atmosfera do sol quando a energia é liberada em campos magnéticos “torcidos”.

Normalmente ocorrendo perto de manchas solares, regiões mais escuras da superfície do Sol, do tamanho de um planeta, esses fenômenos emitem radiação eletromagnética, como raios-X, luz visível e luz ultravioleta, bem como partículas de alta velocidade, para o espaço.

Os cientistas confirmam que uma poderosa explosão solar de classe X atingiu a Terra, e o pior ainda está por vir
O Sol possui um ciclo de atividade relacionado às mudanças nas linhas de campo magnético ocasionados pelo seu movimento de rotação. Como o Sol não é um corpo rígido, a velocidade de rotação é diferente em cada latitude, efeito chamado rotação diferencial.

Eles podem desencadear apagões de rádio na Terra e tempestades de radiação solar.

As explosões solares podem ser classificadas de acordo com sua intensidade, os mais poderosos, como o último, são chamados de “classe X”, enquanto os mais fracos são classificados como “classe A”, este último grupo é seguido pelas classes B, C e M, em ordem crescente de intensidade.

Dentro de cada classe, as explosões solares são classificadas usando uma escala de intensidade ainda mais detalhada, variando de 1 a 9. (A exceção são as explosões de classe X, que podem medir mais de 9.)

Cada classe representa erupções que são pelo menos 10 vezes mais poderosas que a anterior.

Cientistas alertam que uma poderosa explosão solar pode causar o apocalipse da internet
Imagem representativa!

Por exemplo, uma erupção de classe X é 10 vezes mais poderosa que uma erupção de classe M e 100 vezes mais poderosa que uma de classe C.

A erupção solar registrada na quinta-feira foi classificada como “X1.2” na escala, o que significa que está entre as erupções mais poderosas que o Sol produz, embora no extremo mais fraco da classe mais forte.

As erupções de classe C e menores são muito fracas para ter efeitos apreciáveis ​​na Terra.

Os da classe M podem causar breves apagões de rádio que afetam as regiões polares e pequenas tempestades de radiação se se dirigirem para a Terra.

Mancha solar perigosa que causou uma erupção classe x voltou-se para a terra
Imagem representativa!

As erupções de classe X são as mais perigosas e podem causar apagões de rádio em todo o mundo e tempestades de radiação de longa duração, que podem afetar satélites, sistemas de comunicação e até mesmo algumas tecnologias terrestres se vierem em nossa direção.

Os mais poderosos da classe X são de longe as maiores explosões do sistema solar, capazes de produzir tanta energia quanto um bilhão de bombas de hidrogênio, segundo a NASA.

No caso da última erupção solar, localizada no lado leste, ou lado esquerdo, do Sol, uma explosão de raios-X e radiação ultravioleta extrema ejetada da explosão interagiu com a atmosfera superior da Terra, causando um apagão de ondas curtas de rádio, em todo o Pacífico Sul logo depois.

O Centro de Previsão do Clima Espacial (SWPC) da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) informou que “grandes partes” do lado iluminado pelo sol da Terra, que na época incluía a região do Pacífico, foram afetadas por causa do blecaute de rádio.

MISTERIOSA TEMPESTADE SOLAR ATINGIU A TERRA E OS CIENTISTAS NUNCA VIRAM ISSO ACONTECER
Imagem representativa!

Os possíveis efeitos incluíram degradação generalizada do sinal e perda de contato por uma hora.

O principal impacto foi nas comunicações de rádio de alta frequência abaixo de 30 MHz, que podem ter sido notadas por radioamadores, marinheiros e aviadores, informou o SpaceWeather.com.

As erupções solares são frequentemente associadas a ejeções de massa coronal, grandes ejeções de partículas carregadas com um campo magnético embutido da parte mais externa da atmosfera do sol (a coroa) que podem causar tempestades geomagnéticas.

Mas, neste caso, os cientistas não registraram nenhum CME emergindo da área onde a explosão solar estava localizada.

A explosão inflou uma cúpula de plasma incandescente, que pairou sobre o local da explosão por mais de uma hora. Isso pode ter contido os detritos. Até agora, nenhuma ejeção de massa coronal (CME) foi observada emergindo da área.
A explosão inflou uma cúpula de plasma incandescente, que pairou sobre o local da explosão por mais de uma hora. Isso pode ter contido os detritos. Até agora, nenhuma ejeção de massa coronal (CME) foi observada emergindo da área.

A mancha solar AR3182 só era visível há menos de 24 horas quando produziu a explosão solar de classe X ao emergir do outro lado do Sol em direção à Terra.

Apenas alguns dias antes, na terça-feira, a mancha solar produziu uma possível erupção de classe X enquanto ainda estava do outro lado do sol, um evento detectado pelo SDO e pelo Observatório Solar e Heliosférico (SOHO), uma espaçonave operada em conjunto pela NASA e pela Agência Espacial Europeia.

O SOHO detectou um CME muito brilhante associado ao evento, embora os cientistas do SDO tenham previsto que ele perderia a Terra nos dias seguintes.

Esta imagem do Sol foi capturada pelo Solar Dynamics Observatory (SDO) da NASA.
Esta imagem do Sol foi capturada pelo Solar Dynamics Observatory (SDO) da NASA.

“Os dados do SDO indicam que a explosão solar de terça-feira foi “muito poderosa”, possivelmente classe X, mas como ocorreu no lado oposto, grande parte da radiação foi impedida de atingir a Terra. Isso reduziu significativamente sua intensidade aparente de nossa perspectiva, os satélites detectaram apenas um evento de classe C,”

o astrônomo Tony Phillips, que opera o SpaceWeather.com, escreveu em um blog.

AR3182 representa uma ameaça significativa de produzir explosões solares mais fortes, dado o tamanho e a complexidade desta região ativa, há uma “boa chance” de que as explosões no local continuem nos próximos dias, informou o SpaceWeather.com.

Espera-se que o número de erupções aumente à medida que nos aproximamos do pico do ciclo solar.



Sugerimos a leitura das seguintes matérias

Um enorme brilho envolve o sistema solar e isso não pode ser explicado

Misteriosa tempestade solar atingiu a Terra e os cientistas nunca viram isso acontecer

A antiga tabuinha assíria contendo referências a uma enorme tempestade solar

Os cientistas confirmam que uma poderosa explosão solar de classe X atingiu a Terra, e o pior ainda está por vir

Observaram um “tubo de plasma” em forma de cobra no sol



Os cientistas estão debatendo quão forte será esse ciclo solar atual
Imagem representativa!

A atividade do sol é definida por este ciclo de aproximadamente 11 anos, que é caracterizado por períodos de alta e baixa atividade conhecidos como máximos e mínimos solares.

À medida que o Sol se aproxima de um máximo solar, o número de manchas solares aumenta e os efeitos do clima espacial no ambiente próximo à Terra tendem a ser maiores.

Embora as manchas solares sejam mais frias do que as áreas circundantes, elas contêm campos magnéticos particularmente fortes.

A maioria das erupções solares e CMEs estão associadas a essas regiões, os cientistas registraram 24 ciclos solares completos desde 1755.

Atualmente, estamos no ciclo solar 25, que começou em 2019 e está projetado para atingir o pico em 2025.

Deixe sua opinião nos Comentários!
E compartilhe com seus amigos…

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

A Chave dos Mistérios Ocultos(clique ou toque para abrir)

Luana Seretni
Notícias

Deixe um Comentário

Перегляньте огляди мобільних казино

Перевірити відгуки про мобільні казино – найпростіший крок. Окрім того, що це один із найважливіших кроків, це також передбачає читання оглядів інших геймерів. Відгуки важливі в будь-якій ситуації, оскільки багато клієнтів діляться своїми знаннями про казино. Однак просто читання відгуків не допоможе вам вирішити, чи це казино є кращим вибором для гри. Тому вам слід дотримуватися всіх інструкцій, викладених у цьому посібнику, щоб дізнатися більше про це мобільне казино.

Рейтинги дають багато інформації про казино https://catalog.sumy.ua/, але це не означає, що їм завжди можна довіряти. Можливо, позитивний відгук про казино був оплачений мінімальними скаргами. Тому необхідне ретельне дослідження, а читання рецензій має бути частиною цього дослідження.

Skip to content