Um avião que caiu no Japão aparece misteriosamente nos radares 35 anos depois

Quando a maioria das pessoas pensa em lugares assombrados, provavelmente imaginam casas antigas em ruínas, florestas aterrorizantes ou edifícios históricos com histórias trágicas.

No entanto, fantasmas geralmente estão em lugares inesperados, como em aviões que sobem para 30.000 pés. Uma dessas histórias reais de aeronaves assombradas é a do voo 401 da Eastern Airlines, que na noite de 29 de dezembro de 1972 caiu em Florida Everglades, matando 101 pessoas, incluindo o capitão Robert ‘Bob’ Loft e o engenheiro de voo Donald ‘Don’ Repo.

Don Repo e Capitão Bob Loft
Don Repo e Capitão Bob Loft

Muitas partes da aeronave, especialmente as da cozinha, foram consideradas reutilizáveis e, portanto, realocadas para outras aeronaves da frota oriental.

Foi quando começaram as supostas aparições paranormais; em aviões onde partes recuperadas haviam sido instaladas, e os fantasmas de Bob Loft e Don Repo começaram a aparecer.

Em um caso, diz a história de que o vice-presidente de uma companhia aérea teve uma conversa com um capitão uniformizado pouco depois do embarque.

No meio do voo, ele reconheceu o homem como o falecido Capitão Bob Loft. Os avistamentos não se limitavam apenas a encontros fantasmagóricos dentro das aeronaves.

Houve também vários relatos de pilotos que alegaram ter visto o voo 401 da Eastern Air Lines, anos após o acidente.

Eventualmente, a ameaça da má imprensa (e o medo da tripulação) levou a companhia aérea a remover todas as partes reposicionadas da aeronave afetada.

Mas as aparições de aviões fantasmas continuam até hoje.



Encontraram MH370 da Malaysia Airlines no Google Maps

Produtor de vídeo afirma ter encontrado a aeronave MH370 na selva cambojana

Google Maps confirma que o avião MH370 desaparecido caiu mesmo na selva do Camboja

Avistado um misterioso avião no Google Earth submerso sob o mar perto da costa da Escócia

O misterioso desaparecimento do USS Cyclops no Triângulo das Bermudas



Agora, o voo 123 da Japan Airlines, que tragicamente caiu há 35 anos, foi detectado se aproximando do Aeroporto Internacional de Nova Tóquio, poucos dias antes do aniversário do acidente.

O retorno do voo 123 da Japan Airlines

Em 12 de agosto de 1985, o voo JL123 da Japan Airlines decolou do Aeroporto Internacional de Tóquio, mas 12 minutos após o voo para Osaka, a aeronave teve problemas técnicos que quebraram sua cauda, causando uma queda fatal nas montanhas de Gunma.

Um avião que caiu no Japão aparece misteriosamente nos radares 35 anos depois

Apenas quatro pessoas a bordo sobreviveram, enquanto 520 morreram, tornando-se o acidente de avião único mais mortal da história.

Muitos ainda se lembram da tragédia, e é por isso que os internautas japoneses ficaram surpresos quando viram o voo número JL123 aparecer no site de tráfego aéreo Flightradar24, apenas alguns dias antes do 35º aniversário do acidente.

Ele parecia estar se aproximando do Aeroporto Internacional de Narita na quarta-feira, 5 de agosto.

De acordo com o Yahoo! News JAPAN, o usuário do Twitter @m3600 viu o número do voo quando checou os aviões voando perto de sua casa.

Isso aconteceu poucos dias antes do festival de Obon no Japão, uma época em que acredita-se que as almas das pessoas retornem ao mundo físico.

Este ano, o O-bon acontece de 13 a 16 de agosto.

festival de Obon no Japão
Festival de Obon no Japão

Em muitas casas japonesas, O-bon começa com iluminação de velas, pendurando-as nas portas para guiar os espíritos para casa.

Acredita-se que os espíritos visitam por vários dias antes de retornar ao submundo, quando suas viagens de retorno também são frequentemente guiadas por velas, desta vez jogadas nos rios.

Um altar especial também é preparado na casa que carrega uma variedade de oferendas para os espíritos:

Comida e bebida que eles desfrutaram na vida e às vezes um pequeno cavalo ou vaca feito de vegetais como pepinos e berinjelas, que servem como um transporte para espíritos entre os mundos dos vivos e dos mortos.

A explicação oficial

Isso provocou todo tipo de reações nas mídias sociais japonesas, especialmente um sentimento de medo e terror.

Mas para evitar pânico coletivo, a Japan Airlines ofereceu uma explicação lógica para a misteriosa aparição do número de voo no Flightradar24.

Um avião que caiu no Japão aparece misteriosamente nos radares 35 anos depois

Aparentemente, o “avião fantasma” era na verdade o voo JL712 da Japan Airlines, que estava voltando para o Japão a partir de Cingapura.

No entanto, um funcionário da companhia aérea escolheu aleatoriamente os caracteres JL123 durante um teste técnico, e o rótulo permaneceu por cerca de 30 minutos, informou o portal de notícias J-Cast.

A Japan Airlines se desculpou pela confusão, dizendo que não tinha más intenções e que reavaliaria as regras de número de aeronaves dentro da empresa.

Embora a explicação para o incidente não fosse sobrenatural, isso não impediu mais especulações sobre o aparecimento do voo 123.

Muitos disseram que a companhia aérea simplesmente queria mitigar a controvérsia e que era na verdade o avião fantasma aparecendo no aniversário do trágico acidente.

Embora outros achassem que não era coincidência e que é um sinal de que as vítimas do acidente devem ser lembradas.

Já se passaram quase 35 anos desde o trágico acidente. Talvez não tenha sido um erro, mas 520 espíritos nos dizendo para nunca esquecer o que aconteceu”,

disse um internauta.

O voo 123 da Japan Airlines voltou do mundo dos mortos? Ou você acredita na versão oficial, que foi tudo um erro?

Deixe sua opinião nos Comentários…
Compartilhe com seus amigos…

A Chave dos Mistérios Ocultos

Você já tem a chave, mas terás a coragem de abrir?

Deixe um Comentário