O cenário de fim do mundo mais realista.

O cenário apocalíptico mais plausível envolve explosões solares e tempestades magnéticas

Compartilhe esta matéria...
A Terra está atualmente passando por tempestades magnéticas, desencadeadas por intensas explosões solares.
Este elevado nível de atividade solar é preocupante e as repercussões podem ir muito além de meras enxaquecas. Durante séculos, a humanidade ponderou vários cenários apocalípticos.

Alguns cientistas postulam que uma erupção vulcânica catastrófica poderia significar o fim da civilização, devastando a economia global e causando anomalias climáticas. Entretanto, foi reconhecido o potencial da inteligência artificial para desencadear um apocalipse, com algumas pessoas que defendem que a exploração de buracos negros como um santuário e um perigo para a humanidade.

Contudo, a crença predominante é que a guerra nuclear representa o cenário mais provável para o fim do mundo.

As explosões solares poderiam levar ao fim do mundo?

Uma erupção solar e uma explosão de material solar em erupção no espaço.
Imagem representativa.

As explosões solares e as tempestades magnéticas muitas vezes não são levadas a sério, estando em curso debates sobre o seu impacto na saúde humana. No entanto, maio de 2024 foi um mês notavelmente ativo para o Sol.

No dia 15, uma enorme explosão solar, uma das maiores já registradas, foi estimada em potência de 8,7 pontos por laboratórios astronômicos internacionais. Frequentes novos casos de atividade solar foram observados, levando a uma sucessão de intensas tempestades magnéticas. Embora os níveis de atividade tenham diminuído, isto poderá ser potencialmente uma breve pausa antes de uma tempestade significativa.

“Estaremos estudando esse evento por muitos anos. Isso nos ajudará a entender mais sobre a natureza das tempestades magnéticas e solares.”

Tempestade solar chega hoje à Terra e pode danificar
Imagem Representativa.

Um pulso eletromagnético (EMP) está comumente associado às consequências de uma explosão nuclear. No entanto, os EMPs também podem resultar de explosões solares e, em elevadas intensidades, têm o potencial de desativar todos os equipamentos eletrônicos da Terra.

Isto levaria à perda irreversível de todos os meios digitais e das informações neles contidas:

Smartphones, computadores, sistemas de produção e dispositivos médicos sofisticados deixariam de funcionar.

A geração moderna enfrentaria desafios significativos para sobreviver sem as conveniências da civilização e para se adaptar a uma realidade drasticamente alterada. Num tal cenário, esta forma de apocalipse poderia persistir durante décadas.

Uma forte explosão solar poderia destruir todos os eletrônicos da Terra?

Tempestade Solar e suas consequências.
Uma tempestade solar ameaça cortes de energia em massa, apagões de comunicações e trilhões de dólares em danos aqui na Terra.

Uma explosão solar é mais do que apenas uma erupção de gases quentes de uma estrela intensamente quente; emite uma explosão de ondas de luz, incluindo raios-x e raios gama, que são conhecidos por serem prejudiciais aos seres humanos. No entanto, enquanto a atmosfera da Terra absorver eficazmente estes raios perigosos, eles permanecerão seguros para as pessoas no solo, embora o equipamento possa sofrer danos.

As ejeções de massa coronal podem perturbar seriamente os sistemas elétricos, mas é improvável que uma única explosão cause problemas na superfície da Terra. Os investigadores afirmam que mesmo em casos extremos, uma super tempestade solar não destruiria completamente os sistemas elétricos do planeta, mas um impulso eletromagnético (EMP) poderia.

O cenário de fim do mundo mais realista

O pulso eletromagnético está de fato listado entre os efeitos destrutivos das armas nucleares. A guerra nuclear ultrapassou o domínio dos cenários apocalípticos fantásticos.
Será que estamos à beira de uma guerra nuclear iminente e inevitável?
Será que estamos à beira de uma guerra nuclear iminente e inevitável?

Oficialmente, oito países possuem ogivas nucleares:

Coreia do Norte, China, EUA, Rússia, Grã-Bretanha, França, Índia e Paquistão, Israel e o Irã também são suspeitos de terem capacidades nucleares, embora isso não tenha sido oficialmente confirmado.

Uma explosão nuclear pode causar a morte por meio de uma onda de choque, radiação, uma explosão de calor intenso e um pulso eletromagnético. Este último, embora inofensivo para os seres humanos, pode desativar todos os equipamentos eletrônicos. Tal cenário parece agora mais plausível do que, digamos, a infertilidade global ou a aniquilação da humanidade por uma colônia alienígena.



Sugerimos a leitura das seguintes matérias

NASA adverte que só pode nos avisar com 30 minutos de antecedência da chegada de uma tempestade solar catastrófica

“Buraco” no sol e uma poderosa erupção solar ameaçam desencadear o caos no clima espacial

Uma mancha solar “perigosa” que causou uma erupção “classe x” voltou-se para a terra

Misteriosa tempestade solar atingiu a Terra e os cientistas nunca viram isso acontecer



pedra poderosa da idade da tempestade solar - Uma poderosa tempestade solar se aproxima que poderia nos fazer retornar à Idade da Pedra
Imagem Representativa.

A morte também pode resultar do impacto do Sol durante uma explosão de supernova:

Felizmente, todas as estrelas próximas do nosso sistema solar estão atualmente estáveis ​​e tranquilas.

No entanto, com muitas supernovas na galáxia, o risco permanece. Se a radiação gama de tal explosão atingisse o sistema solar, destruiria a camada de ozônio, levando à extinção de toda a vida na Terra devido à falta de proteção UV.

Embora abrigos e cidades subterrâneas possam oferecer refúgio, a exposição aos raios gama ainda pode causar mutações e doenças causadas pela radiação.

Deixe sua opinião nos Comentários!
E compartilhe com seus amigos…

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

A Chave dos Mistérios Ocultos(clique ou toque para abrir)


Descubra mais sobre A Chave dos Mistérios Ocultos

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Andressa Dal Paz Balbinot
Catástrofes

Deixe um Comentário