Confirmado a falha da Islândia foi ativada após 800 anos.

Confirmado: A falha da Islândia foi ativada após 800 anos

Compartilhe esta matéria...
Uma erupção vulcânica que engoliu casas num porto de pesca islandês confirma que uma antiga falha subjacente no país despertou, ameaçando expelir lava sem aviso prévio nos próximos anos.

No último domingo, a lava incandescente consumiu várias casas na periferia da cidade de Grindavík, a sudoeste da capital, Reykjavik. Desde então, as autoridades do país do Atlântico Norte relataram que a atividade vulcânica diminuiu. Esta erupção marcou a quinta em menos de três anos na Península de Reykjanes, que não tinha experimentado eventos semelhantes há séculos.

Veja onde as fissuras se abriram e a lava fresca fluiu durante as erupções anteriores do vulcão.
Veja onde as fissuras se abriram e a lava fresca fluiu durante as erupções anteriores do vulcão.

Segundo o vulcanologista Patrick Allard, do Institut de Physique du Globe de Paris, na França:

“Após oito séculos de relativa inatividade e uma completa cessação da atividade superficial, entrámos num novo episódio de separação de placas que poderá durar vários anos, possivelmente décadas”.

A localização da Islândia na Dorsal Meso-Atlântica, uma fenda no fundo do oceano que separa as placas tectónicas da Eurásia e da América do Norte, tem sido um fator determinante na atividade vulcânica recente. Allard destacou que mesmo antes da primeira das cinco erupções, em março de 2021, os cientistas observaram deformações no solo, com o magma subindo das profundezas e infiltrando-se numa área de três a dez quilómetros abaixo da superfície.

A localização desta frágil falha geológica provavelmente continuará a ser um problema.
A localização desta frágil falha geológica provavelmente continuará a ser um problema.

Este processo levou à atividade eruptiva à medida que o magma emergia através de fissuras na Terra.

Pronto para entrar em erupção

As duas erupções mais recentes, no mês passado e no domingo, ambas ameaçando Grindavík, foram breves e precedidas por atividade sísmica mínima.

Este padrão mostra que

“o magma está muito próximo da superfície, pronto para entrar em erupção”,

disse Allard.

A espessura fina da crosta terrestre perto da falha abaixo da Islândia facilitará estes “alívios de pressão” do magma, embora não se espere que a quantidade que realmente chega à superfície seja enorme. A localização desta frágil falha provavelmente continuará a ser um problema, pois representa uma ameaça para a central geotérmica de Svartsengi, que fornece eletricidade e água aos 30.000 residentes da Península de Reykjanes, um décimo da população da Islândia.

As erupções também forçaram o encerramento da Lagoa Azul, um destino turístico popular perto de Grindavík, conhecido pelos seus spas geotérmicos. Allard mencionou que esta vila piscatória foi construída sobre fluxos de lava com 800 anos, o que “levanta a questão sobre a lógica da sua própria existência”.

A localização da dorsal mesoatlântica.
A localização da dorsal mesoatlântica.

Provavelmente haverá poucos avisos antes da próxima erupção.

“Durante as duas últimas erupções, houve apenas algumas horas de atividade sísmica crítica para alertar que o magma estava subindo rapidamente à superfície. Há também o risco de uma erupção subaquática, que poderia gerar um fenômeno explosivo, liberando mais cinzas vulcânicas”,

disse Allard.

Vale a pena recordar que a enorme quantidade de cinzas expelida pelo vulcão Eyjafjallajokull em 2010 causou o caos global nas viagens, com cerca de 100 mil voos cancelados e mais de 10 milhões de viajantes retidos. No entanto, os especialistas afirmaram que um evento tão extremo é considerado improvável na Península de Reykjanes.



Sugerimos a leitura das seguintes matérias

Um lugar surpreendente o Vulcão Xico, conhecido como “o umbigo do mundo” e vizinho de Popocatépetl

O supervulcão ativo da Nova Zelândia está fazendo com que o solo acima dele mude, revela pesquisa

Geólogos alertam que o supervulcão de Yellowstone está prestes a entrar em erupção

Enxame de 85.000 terremotos atinge a Antártida quando um vulcão adormecido desperta



Veja um vídeo, feito por drone:

Deixe sua opinião nos Comentários!
E compartilhe com seus amigos…

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

A Chave dos Mistérios Ocultos(clique ou toque para abrir)


Descubra mais sobre A Chave dos Mistérios Ocultos

Subscribe to get the latest posts sent to your email.

A Chave dos Mistérios Ocultos
Catástrofes

Deixe um Comentário