Pirâmides submersas nas Bahamas: será que são reais?

Um vídeo surgiu onde você pode ver o que parece ser uma misteriosa formação subaquática perto de New Providence, a ilha mais conhecida das Bahamas.

As estruturas avistadas através do Google Earth parecem ter a forma de uma pirâmide.

O vídeo foi publicado pelo canal Youtube, SecureTeam10. Scott Waring, um dos colaboradores do canal, diz que ele encontrou as estruturas enquanto escava o oceano para anomalias.

Encontrei estas duas pirâmides no fundo do oceano, perto da ilha de New Providence, não muito longe da Flórida”,

diz Waring.

As linhas que formam as pirâmides são facilmente distinguidas e para mim eles provam que a ilha mais próxima já foi habitada por civilizações avançadas como as astecas”.

As estruturas avistadas através do Google Earth parecem ter a forma de uma pirâmide

Tyler Glockner, dono do canal onde o vídeo foi publicado, acrescenta que

obviamente são pirâmides antigas”

e que, apesar do tempo decorrido,

permaneceram relativamente em boas condições”

porque não estavam expostos ao clima caribenho da superfície.

Os pesquisadores apontam que essas pirâmides subaquáticas não são semelhantes entre si, sendo um dos três lados suaves e outro tambem escalonado.

Quanto aos comentários recebidos dos usuários, alguns optaram pela explicação dada por Waring e Glockner, enquanto outros atribuem a uma formação natural caprichosa cuja singularidade se deve a um simples jogo de sombras.


* Encontrado fóssil cavalo extinto há mais de 40.000 anos
Torre de crânios Asteca é ainda maior e assustadora do que se pensava
Foi encontrado algo inusitado em uma sepultura chinesa de 2,3 mil anos
* Um pigmento azul usado no Egito antigo poderia gerar eletricidade através do calor

Há também aqueles que perguntaram se essas supostas pirâmides subaquáticas estão alinhadas em latitude com as do Egito. No entanto, a resposta para este último seria um não.

Obviamente, as associações da descoberta com os vestígios da mítica Atlântida também não faltam. Você pode ver o vídeo abaixo:

Comente