Tiktoker muito conhecida diz que sua filha de 4 anos se lembra de pessoas de sua vida passada

Tiktoker muito conhecida diz que sua filha de 4 anos se lembra de pessoas de sua vida passada

Algumas crianças pequenas, geralmente com idades entre 2 e 5 anos, falam de memórias de uma vida anterior que afirmam ter vivido.

Ao mesmo tempo, às vezes exibem comportamentos, como fobias ou preferências, que são incomuns no contexto de sua família atual e não podem ser explicados por nenhum evento de vida atual.

Tiktoker muito conhecida diz que sua filha de 4 anos se lembra de pessoas de sua vida passada
A reencarnação é definida como o processo pelo qual, na morte, a alma se separa do corpo para, depois de algum tempo, toma outro corpo e renasce.

Essas memórias parecem coincidir com as histórias da criança sobre uma vida anterior.

Em muitos casos deste tipo, foi demonstrado que as declarações da criança correspondem fielmente aos acontecimentos na vida e na morte da pessoa falecida.

Algumas das crianças têm marcas de nascença que correspondem a feridas ou outras marcas na pessoa falecida, cuja vida está sendo lembrada pela criança.

Em vários casos, relatórios pós-morte confirmaram essas histórias. As crianças mais velhas podem reter essas memórias aparentes, mas geralmente parecem desaparecer por volta dos 7 anos.

O mais surpreendente de tudo é que jovens relembrando vidas passadas foram registrados em todo o mundo, incluindo Europa e América do Norte.

É o caso de uma conhecida tiktoker, que acaba de afirmar que sua filha se lembra de sua vida passada.

Lembrando de sua vida passada

Frederica Severinsen compartilhou sua história em resposta a uma tendência recente do TikTok, em que os pais compartilham o momento em que perceberam que seus filhos “podem ser psicopatas”.

Frederica Severinsen
Frederica Severinsen

O vídeo de Severinsen realmente não se encaixa nessa condição, mas certamente deixou TikTokers realmente chocados…

Seu vídeo , que tem quase 700.000 visualizações, começou quando Severinsen disse à filha que sua amiga estava tendo um bebê chamado Esther.

A filha de Severinsen, que na época tinha 4 anos, respondeu dizendo que já tinha uma amiga chamada Esther, embora sua família não conhecesse ninguém com esse nome.

Oh, eu conheço uma Esther Mervin, mas ela mora longe e está na prisão”,

disse a filha de Severinsen.

@fredericaseverinsen

#stitch with @_esornagem_

♬ original sound – Frederica Severinsen

Severinsen ficou chocada com a declaração de sua filha, então ela procurou na internet por alguém com esse nome. Nenhum resultado encontrado.

Mas ela não queria parar por aí, então decidiu verificar o banco de dados do Ancestry.com e encontrou Esther Mervin, mas ela já estava morta há anos.

Como ela explica no vídeo, Esther morava “longe” (nos Estados Unidos, Severinsen mora no Reino Unido) e esteve na prisão no início do século XX.

Com essa informação, Severinsen perguntou à filha como ela conhecia Esther. Desta vez, a menina de 4 anos disse que foi há muito tempo

e agora ela está morta”.

E foi isso”, estou apavorada com ela.

Severinsen concluiu.

Desnecessário dizer que a história da mãe provocou todos os tipos de reações dos usuários do TikTok, que principalmente mostraram seu espanto e consternação.

No entanto, os TikTokers mais céticos notaram que as palavras da garota não provaram absolutamente nada, já que poderia ter sido apenas uma coincidência.

Mesmo assim, o vídeo de Severinsen rapidamente se tornou viral, com mais de 1.400 usuários comentando e compartilhando as assombrosas histórias de vidas passadas de seus próprios filhos.

Embora deva ser dito que esta não é a primeira vez que uma história semelhante se tornou viral.



A Misteriosa e Documentada Reencarnação das Gêmeas Pollock

As 7 Almas Gémeas que Você pode Achar no Decorrer da Vida

Uma mulher vê a reencarnação de seu avô falecido no ultra-som de seu bebê

Sinais de que sua alma já reencarnou várias vezes



No ano passado, a famosa instagramer Laura Mazza fez uma revelação chocante para seus seguidores sobre seu filho de quatro anos, Luca…

Ele disse que estava estômago da mãe e morreu…

O caso de Laura Mazza
Laura Mazza e seu filho…

Segundo o menino:

Fui procurá-la, mas não consegui encontrá-la”.

Como sentia saudades dela, ele decidiu ser um bebê de novo e nasceu outra vez. Foi nesse exato momento que Mazza percebeu que Luca era a reencarnação do bebê que ela havia abortado antes dele.

Vida após a morte

Sem dúvida, o caso de Frederica Severinsen mostra que crianças pequenas em todo o mundo têm memórias espontâneas de vidas anteriores, independentemente das crenças religiosas dos pais.

É um fenômeno natural…

As crianças geralmente começam a falar sobre

quando cresceram antes” ou “quando morreram”

por volta dos três anos, e podem falar sobre suas memórias durante um período de alguns anos.

Vida após a morte
Existe uma teoria da reencarnação também afirma garantir justiça. De acordo com a lei do Karma (uma inflexível e impessoal regra do Universo), recebemos o que merecemos em cada vida.

Muitas das memórias que as crianças lembram são de mortes traumáticas, que podem continuar a afetar uma criança em sua vida atual, como fobias e outros problemas emocionais.

E a comunidade científica estuda todos esses casos há décadas…

O renomado psiquiatra canadense Ian Stevenson (1918-2007) foi um dos cientistas que dedicou parte de sua vida à pesquisa sobre a reencarnação, mais especificamente sobre a ideia de que emoções, memórias e até lesões físicas em forma de marcas o nascimento pode ser transferido de uma vida para outra.

O que você amigo leitor(a) acha da experiência de Frederica Severinsen?

Deixe sua opinião nos Comentários…
Compartilhe com seus amigos…

Deixe um Comentário