O Sarcófago Aberto Revelando Cavaleiro com Crânio Alongado.

Notre Dame e um Sarcófago Aberto revelaram um Cavaleiro com Crânio Alongado!

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

Encontrar os restos mortais de um sumo sacerdote enterrado no local mais sagrado da Catedral de Notre Dame de Paris e de toda a França medieval parece uma descoberta previsível. No entanto, desenterrar um cavaleiro com um crânio alongado foi um choque.
A pedra fundamental da Catedral de Notre Dame foi lançada pelo Papa Alexandre III em 1163 DC, mas em 2019 um incêndio a destruiu quase totalmente.

Depois de passar os últimos dois anos assegurando suas fundações, o trabalho começou este ano para reparar a torre de carvalho que foi inaugurada em 18 de agosto de 1859.

Esta torre do século 19 atingiu uma altura de 315 pés (96 metros), que foi de 59 pés (18 pés). metros) mais alto que a torre original do século 12, mas desabou após o incêndio de 2019.

Foi diretamente abaixo do piso da torre, onde o transepto cruza a nave, que os pesquisadores identificaram vários túmulos contendo centenas de mãos, pés, rostos e plantas fragmentados de estátuas de pedra.

Foi entre essas relíquias estilhaçadas que dois sarcófagos de chumbo bem preservados foram descobertos, enterrados no que representa o local mais sagrado de toda a França medieval.

Desenterrando o Canon e o Cavaleiro

Dois sarcófagos de Notre Dame foram analisados ​​por equipes da universidade.
Dois sarcófagos de Notre Dame foram analisados ​​por equipes da universidade.

Em abril deste ano, o professor Christophe Besnier, líder da equipe científica, disse ao The Guardian que essa descoberta foi “extraordinária e emocionante”.

Em abril que Dominique Garcia, chefe do Instituto Nacional de Pesquisa Arqueológica, especulou que um dos sarcófagos de chumbo “provavelmente pertencia a um dignitário do início do século XIV”.

Agora, a equipe de arqueólogos franceses confirmou que as especulações de Garcia eram precisas, pois anunciam que um caixão contém um “cânone de elite da catedral”, enquanto o outro hospeda “um jovem cavaleiro (cavaleiro)”.

Dominique Garcia apressou-se em lembrar que esses restos humanos “não são objetos arqueológicos”, pois foram recuperados dentro de uma igreja e, portanto, “serão tratados com respeito do começo ao fim”.

Enterrado no Coração da Catedral

Inauguração dos sarcófagos do laboratório de medicina legal de Toulouse.
Inauguração dos sarcófagos do laboratório de medicina legal de Toulouse.

As estátuas fragmentadas e dois caixões de chumbo foram descobertos sob o piso da travessia do transepto. O transepto de uma igreja separa a nave da cabeceira (coro), pertencendo igualmente ao eixo da nave principal e ao transepto.

Eric Crubézy, professor de antropologia biológica na Universidade de Toulouse III, disse que os dois homens eram:

“Claramente importantes em suas respectivas épocas por terem sido enterrados em túmulos tão prestigiosos no coração da catedral”.

Descrito como de “notável qualidade científica”, ambos os enterros foram encontrados durante uma escavação subterrânea especulativa antes da instalação do andaime de 98 pés (30 metros) de altura e 600 toneladas que está sendo usado para substituir a torre da catedral danificada pelo fogo.

Uma reportagem do The Guardian afirmou que um dos corpos pertencia a um sumo sacerdote que, após levar uma vida sedentária, morreu em 1710 DC. O segundo caixão de chumbo foi datado do século 14 e continha “um nobre jovem, rico e privilegiado”.

Quem eram essas elites enterradas no coração da catedral?

Enterrado a um metro de profundidade, o santo homem foi encontrado com uma placa de latão confirmando que ele era Antoine de la Porte, o cônego da Catedral de Notre Dame, que morreu na véspera de Natal de 1710 aos 83 anos, rico, velho e padre que encomendou várias obras de arte que hoje estão no Louvre.

O incêndio de 2019 que envolveu a catedral indiretamente levou à descoberta desses sarcófagos de Notre Dame
O incêndio de 2019 que envolveu a catedral indiretamente levou à descoberta desses sarcófagos de Notre Dame.

O segundo caixão continha os restos mortais de um homem na casa dos trinta, e os pesquisadores dizem que seus ossos pélvicos sugerem que ele era um cavaleiro experiente. Assim, ele foi nomeado “Le Cavalier” (o cavaleiro).

O cavaleiro foi sepultado ao pé de uma grande cruz que outrora esteve exposta no já destruído biombo que separava a capela-mor e a nave (clero e coro) da congregação (pobres enfermos).

Panos e materiais vegetais orgânicos descobertos neste enterro sugerem que o cavaleiro foi embalsamado, o que os arqueólogos dizem ser “uma prática rara na Idade Média.



Sugerimos a leitura das seguintes matérias

Dois túmulos antigos contendo inúmeros tesouros foram desenterrados no Egito e um deles contém uma múmia

Múmias de mulheres pequenas, do tamanho de uma palma humana, são mantidas na Ásia

Além da Ciência! Múmia de mil anos que mantém seus ossos e cérebro intactos

Cientistas abrem uma múmia em Israel e descobrem que ela não é humana

Criatura mumificada com 3 dedos pode ser a origem do ser humano

Múmias antigas encontradas na Turquia



Uma faixa deixou sua cabeça deformada

O cavaleiro tinha um “crânio deliberadamente deformado”, resultado de ter uma faixa de pano amarrada em volta da cabeça durante seus primeiros três meses de vida, induzindo a mudança de forma.

O Sarcófago Aberto Revelando Cavaleiro com Crânio Alongado.
O Sarcófago Aberto Revelando Cavaleiro com Crânio Alongado.

Além disso, o cavaleiro foi enterrado com uma coroa de flores.

Especula-se que este homem pertencia aos escalões superiores da elite francesa do século XIV.

Essa crença não decorre de sua coroa floral, nem do fato de ter sido embalsamado, e nem mesmo porque tinha o poder de exigir o enterro no local mais sagrado de Paris, mas porque o cavaleiro morto tinha uma “deformação no crânio”, mais conhecida como um crânio alongado.

Veja o vídeo:

(Obs: O vídeo está em inglês; porém você pode ativar as legendas em português. (clique aqui e veja como fazer))

Na década de 1920, o arqueólogo peruano Julio Tello, o “pai da arqueologia peruana”, descobriu centenas de crânios alongados da civilização de Paracas , datados entre 750 aC e 100 dC, e desde então foram desenterrados no Oriente Médio e na Ásia.

É geralmente aceito que as bandas cranianas e os crânios alongados resultantes eram símbolos de poder praticados entre famílias controladoras em diferentes países.

No entanto, muito depois que a prática desapareceu no Peru, ela continuou até o início do século 20 na região de Deux-Sèvres, no oeste da França.

Também aqui a prática era símbolo de poder entre as elites sociais, mas também era praticada entre famílias mais pobres que tentavam alinhar seus filhos com classes sociais mais altas.

Deixe sua opinião nos Comentários!
E compartilhe com seus amigos…

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

A Chave dos Mistérios Ocultos(clique ou toque para abrir)

Luana Seretni
Mistérios

Deixe um Comentário

Перегляньте огляди мобільних казино

Перевірити відгуки про мобільні казино – найпростіший крок. Окрім того, що це один із найважливіших кроків, це також передбачає читання оглядів інших геймерів. Відгуки важливі в будь-якій ситуації, оскільки багато клієнтів діляться своїми знаннями про казино. Однак просто читання відгуків не допоможе вам вирішити, чи це казино є кращим вибором для гри. Тому вам слід дотримуватися всіх інструкцій, викладених у цьому посібнику, щоб дізнатися більше про це мобільне казино.

Рейтинги дають багато інформації про казино https://catalog.sumy.ua/, але це не означає, що їм завжди можна довіряти. Можливо, позитивний відгук про казино був оплачений мінімальними скаргами. Тому необхідне ретельне дослідження, а читання рецензій має бути частиною цього дослідження.

Skip to content