Encontram uma estrutura de cristal de diamante nunca vista dentro do meteorito

Eles encontram uma estrutura de cristal de diamante nunca vista dentro do meteorito “Devil’s Canyon”

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

Uma equipe de cientistas encontrou algo inesperado dentro de um meteorito que caiu na Terra há 50.000 anos.

Estudando os diamantes dentro de um meteorito antigo, os cientistas encontraram uma estranha estrutura microscópica interligada que nunca foi vista antes.

A estrutura, uma forma interligada de grafite e diamante, tem propriedades únicas que podem um dia ser usadas para desenvolver carregamento super rápido ou novos tipos de eletrônicos, dizem os pesquisadores.

As estruturas de diamante foram trancadas dentro do meteorito Canyon Diablo, que caiu na Terra há 50.000 anos e foi descoberto pela primeira vez no Arizona em 1891, os diamantes neste meteorito não são os que a maioria das pessoas conhece.

A maioria dos diamantes conhecidos se formou a cerca de 150 quilômetros abaixo da superfície da Terra, onde as temperaturas chegam a mais de 1.093 graus Celsius, os átomos de carbono nestes diamantes estão dispostos em formas cúbicas.

Em vez disso, os diamantes do meteorito Canyon Diablo são conhecidos como lonsdaleíta em homenagem à cristalógrafa britânica Dame Kathleen Lonsdale, a primeira professora do University College London, e têm uma estrutura cristalina hexagonal.

Kathleen Lonsdale
Kathleen Lonsdale não é um nome conhecido fora do campo da cristalografia , área científica dedicada ao estudo da estrutura química dos elementos, mas dentro dela.

Esses diamantes só se formam sob pressões e temperaturas extremamente altas.

Embora os cientistas tenham conseguido produzir lonsdaleíta em laboratório, usando pólvora e ar comprimido para impulsionar discos de grafite a 15.000 mph contra uma parede a lonsdaleíta só se forma quando os asteroides atingem a Terra em velocidades extremamente altas.

Estudando a lonsdaleíta no meteorito, os pesquisadores encontraram algo estranho.

Em vez das estruturas hexagonais puras que esperavam, os pesquisadores encontraram crescimentos de outro material à base de carbono, chamado grafeno, entrelaçado com o diamante.

Esses crescimentos são conhecidos como diáfitas e, dentro do meteorito, eles se formam em um padrão de camadas particularmente intrigante.

Lonsdaleita.
Lonsdaleita.

Entre essas camadas estão “falhas de empilhamento”, o que significa que as camadas não se alinham perfeitamente, disseram os pesquisadores em um comunicado.

A descoberta de diáfitas na lonsdaleíta meteórica sugere que esse material pode ser encontrado em outros materiais carbonáceos, escreveram os cientistas no estudo, o que significa que pode estar prontamente disponível para uso como recurso.

A descoberta também dá aos pesquisadores uma ideia melhor das pressões e temperaturas necessárias para criar a estrutura.

O grafeno é composto por uma folha de carbono de um átomo de espessura, disposta em hexágonos.



Sugerimos a leitura das seguintes matérias

Cristais nunca antes vistos encontrados em poeira de meteorito

Um “artefato impossível” encontrado nos restos de um meteorito

Imagens lindas de um meteorito que caiu no México



Embora a pesquisa sobre este material ainda esteja em andamento, o material tem muitas aplicações potenciais.

O Meteorito Holsinger é o maior fragmento do meteorito Canyon Diablo coletado até hoje
O Meteorito Holsinger é o maior fragmento do meteorito Canyon Diablo coletado até hoje.

Por ser tão leve quanto uma pena e tão forte quanto um diamante, transparente e altamente condutora, e um milhão de vezes mais fina que um cabelo humano, ela poderia um dia ser usada para:

Fazer medicamentos mais direcionados, eletrônicos menores com velocidades de carregamento mais rápidas, ou tecnologia mais rápida e flexível, segundo os pesquisadores.

E agora que os pesquisadores descobriram esses crescimentos de grafeno dentro de meteoritos, é possível entender melhor como eles se formam e, portanto, como fazê-los em laboratório.

Christoph Salzmann, químico da University College London e coautor de um artigo que descreve a pesquisa, disse em um comunicado:

“Através do crescimento controlado das camadas das estruturas, deve ser possível projetar materiais que sejam ultraduros e dúcteis, além de terem propriedades eletrônicas ajustáveis, de condutores a isolantes”.

Os resultados da pesquisa foram publicados na revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

Deixe sua opinião nos Comentários!
E compartilhe com seus amigos…

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

O Mundo dos Mistérios Ocultos(clique para abrir)

A Chave dos Mistérios Ocultos
Notícias

Deixe um Comentário

Перегляньте огляди мобільних казино

Перевірити відгуки про мобільні казино – найпростіший крок. Окрім того, що це один із найважливіших кроків, це також передбачає читання оглядів інших геймерів. Відгуки важливі в будь-якій ситуації, оскільки багато клієнтів діляться своїми знаннями про казино. Однак просто читання відгуків не допоможе вам вирішити, чи це казино є кращим вибором для гри. Тому вам слід дотримуватися всіх інструкцій, викладених у цьому посібнику, щоб дізнатися більше про це мобільне казино.

Рейтинги дають багато інформації про казино https://catalog.sumy.ua/, але це не означає, що їм завжди можна довіряти. Можливо, позитивний відгук про казино був оплачений мінімальними скаргами. Тому необхідне ретельне дослідження, а читання рецензій має бути частиною цього дослідження.

Skip to content