O segredo do misterioso túnel Helensburgh

O segredo do misterioso Túnel Helensburgh foi descoberto

O Túnel Helensburgh da Austrália, também conhecido como Túnel Metropolitano, é um local fascinante que combina história da engenharia e fenômenos naturais.

Construído em 1880 como parte da infra-estrutura ferroviária, rapidamente se tornou inutilizável devido à ameaça que a fuligem e fumaça acumuladas, tornando perigosa a passagem das tripulações e passageiros dos trens.

Foi finalmente fechado em 1915, mas sua segunda vida começou muito mais tarde, quando se descobriu que coisas estranhas estavam acontecendo ali e luzes eram visíveis.

O Helensburgh Glow Worm Tunnel é um dos locais de vaga-lumes mais incríveis de todo mundo
O Helensburgh Glow Worm Tunnel é um dos locais de vaga-lumes mais incríveis de todo mundo.

Descobriu-se que o túnel se tornou o lar de larvas de insetos bioluminescentes que iluminaram o túnel com intensa luz azul. Esses organismos incomuns, conhecidos como pirilampos, são na verdade larvas da mosca Arachnocampa que emitem luz para atrair suas presas. Sua bioluminescência é o resultado de uma reação química que ocorre em seu corpo, o que os torna um dos espetáculos naturais mais fascinantes.

O interesse no túnel como atração turística aumentou após o trabalho do grupo Helensburgh Landcare, que recebeu uma doação em 2001 para transformar o local em uma atração histórica. Como parte do projeto, uma seção dos trilhos da ferrovia foi restaurada e foram tomados cuidados para proteger e promover a colônia local de vaga-lumes.

O teto está coberto por uma das telas de pirilampos.
O teto está coberto por uma das telas de pirilampos.

Infelizmente, ao longo dos anos, o comportamento irresponsável dos visitantes começou a ameaçar a população destas criaturas incomuns, levando os gestores a introduzir medidas de proteção, incluindo a restrição do acesso.

Embora o acesso ao túnel seja atualmente possível, as restrições introduzidas visam proteger tanto o patrimônio histórico como os delicados ecossistemas que aí se desenvolveram. Proteger estas larvas únicas é crucial, especialmente porque o seu ambiente é sensível às alterações climáticas e à poluição luminosa.



Sugerimos a leitura das seguintes matérias

De onde vieram esses estranhos túneis subterrâneos conectados uns aos outros em todo mundo?

Túneis subterrâneos descobertos nas ruínas de uma cidade chinesa de 4.300 anos

Túnel para o “submundo” encontrado sob Teotihuacan escondeu um segredo por mais de 1.000 anos



Uma passagem abandonada quase perdida em uma cascata de vegetação frondosa. Uma vez lá dentro, um brilho azul encantador ilumina o túnel escuro e úmido.
Uma passagem abandonada quase perdida em uma cascata de vegetação frondosa. Uma vez lá dentro, um brilho azul encantador ilumina o túnel escuro e úmido.

O túnel ainda inunda com bastante frequência. Nos dias em que o nível da água é particularmente alto, as pessoas passam pela pequena cachoeira que muitas vezes cai na entrada após fortes chuvas.

Assim, embora o Túnel Helensburgh já não sirva como rota ferroviária, o seu papel atual como reserva natural e local histórico ainda atrai numerosos visitantes fascinados pela sua história e beleza natural.

Deixe sua opinião nos Comentários!
E compartilhe com seus amigos…

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

A Chave dos Mistérios Ocultos(clique ou toque para abrir)


Descubra mais sobre A Chave dos Mistérios Ocultos

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

A Chave dos Mistérios Ocultos
Curiosidades

Deixe um Comentário