Túneis subterrâneos descobertos nas ruínas de uma cidade chinesa de 4.300 anos

Túneis subterrâneos descobertos nas ruínas de uma cidade chinesa de 4.300 anos

Compartilhe esta matéria...
Arqueólogos escavando em Houchengzui, Região Autônoma da Mongólia Interior, descobriram uma rede de túneis antigos.
Hoje, entrar na antiga Cidade de Pedra de Houchengzui, no norte da China, envolve caminhar cuidadosamente entre as suas ruínas que se estendem por 1,4 milhões de metros quadrados. Mas há cerca de 4.300 anos, entrar na cidade significava passar por múltiplas muralhas defensivas e lidar com os seus habitantes bem preparados.
Vista do interior de uma das passagens subterrâneas.
Vista do interior de uma das passagens subterrâneas.

Os arqueólogos encontraram-no pela primeira vez em 2005 e começaram a escavá-lo sistematicamente de 2019 até este ano, quando se depararam com outro dos seus segredos:

Um sistema de passagens subterrâneas secretas que outrora funcionou como uma rede de transporte oculta.

Segundo um comunicado do Instituto de Relíquias Culturais e Arqueologia da Região Autónoma da Mongólia Interior, os túneis estão localizados a uma profundidade que varia entre 1,5 e 6 metros. No interior, apresentam alturas que variam entre 0,9 e 1,8 metros, com largura superior a um metro. Vários passam pelo que outrora foram as muralhas defensivas da cidade, abrindo-se para o exterior.

Pesquisadores chineses destacam que a cidade tinha um sistema defensivo complexo

Fotografia aérea das passagens subterrâneas descobertas no sítio Houchengzui, no condado de Qingshuihe, Hohhot, Região Autônoma da Mongólia Interior, China.
Fotografia aérea das passagens subterrâneas descobertas no sítio Houchengzui, no condado de Qingshuihe, Hohhot, Região Autônoma da Mongólia Interior, China.

O sistema tem três muralhas concêntricas, estruturas adicionais ao longo delas, um número limitado de portões e trincheiras vigiadas. Os túneis recém-descobertos teriam acrescentado outro nível de segurança a Houchengzui, cujo desenho é atribuído à sua relevância cultural na defesa militar, aproveitando a sua posição estratégica no limite de uma antiga aliança.

As escavações continuarão no local localizado no condado de Qingshuihe, cerca de 480 quilômetros a oeste de Pequim, em busca de mais túneis. Até agora, um total de seis foram encontrados.



Sugerimos a leitura das seguintes matérias

Discos de Jade, os artefatos antigos e misteriosos encontrados na China

Arqueólogo afirma ter descoberto uma antiga “pirâmide esquecida” sob as areias do Saara

Arqueólogo francês consegue decifrar um idioma de 4 milênios atrás

Arqueólogos descobrem outra Esfinge Enterrada no Templo de Kom Ombo



Veja mais imagens da descoberta:

Obs.: Para ampliar as imagens, é só clicar ou tocar sob elas.
Deixe sua opinião nos Comentários!
E compartilhe com seus amigos…

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

A Chave dos Mistérios Ocultos(clique ou toque para abrir)


Descubra mais sobre A Chave dos Mistérios Ocultos

Subscribe to get the latest posts sent to your email.

A Chave dos Mistérios Ocultos
Curiosidades

Deixe um Comentário