A dor “física” ajuda no aprimoramento moral e na evolução espiritual?

Nesta matéria feita por Thiago Lewandowski e revisão de Sônia Lewandowski especialmente para A Chave dos Mistérios Ocultos, veremos que a dor física pode nos ajudar a enfrentar a os problemas da vida com clareza e sabedoria, além de nós ajudar a evoluir a nossa consciência…

A dor “física” ajuda no aprimoramento moral e na evolução espiritual

A dor física inevitavelmente afeta nossos sentimentos, que gera uma dor no espiritual, e essa dor nos ajuda a evoluir nossa consciência tanto física como espiritualmente.

Pois muitas religiões, pregam que o sofrimento, a dor, a doença são um mal necessário para evolução ou purificação da alma…

E agora até a ciência está concordando com essa e outros ensinamentos antigos, através da física quântica!

Então você deve estar pensando que para evoluir você precisa sentir dor?

Não necessariamente!



Encontro com Deus!

Pecado…

Você sabe o que é o verdadeiro mal?

Os Desafios da Vida: Obrigatórios vs Opcionais

O Pão e a Margarina!

A Fé Incondicional vs A Fé Forçada



Porém temos que notar que ninguém passa pela vida terrestre sem sentir dor!

Então vamos analisar a vida de 2 pessoas fictícias, porém com certeza existem histórias reais parecidas…

Começaremos quando essas 2 pessoas ainda eram crianças em seus 5 anos.

A primeira criança chamaremos de “José”, que desde o nascimento foi muito doente, muito diferente da segunda criança que chamaremos de “João”, cuja a saúde era de ferro, nunca ficou doente.

José, vivia com dores, tinha muitas limitações, não podia correr muito, jogar bola, etc; enfim muitas coisas que crianças de sua idade fazem e sem tirar o fato de ter quase sempre ter uma dor aqui outra lá.

Já João, corria, brincava com muitas crianças, jogava bola e tudo mais que sua idade permitia.

A dor “física” ajuda no aprimoramento moral e na evolução espiritual

O tempo foi passando, José via a vida passar pela janela, tinha poucos amigos, porém era feliz qualquer coisa o deixava contente.

Já João tinha muitos amigos, também era feliz, porém muitas coisas já não o agradavam facilmente…

Então chegando a adolescência; João tinha outros amigos, namoradas; sempre moças “bonitas e populares”, frequentava festas, shows, porém sempre que precisava de um apoio, os amigos sumiam, a namorada:

Não dá mais”,

e assim ele ficava sozinho.

José já com 1 ou 2 amigos, e até o momento “solteiro”, sempre tinha apoio de seus amigos…

Não gostava de festas e anos depois encontrou uma moça simpática e inteligente a qual se casou e viveu feliz, mesmo com sua doença, cada fez lhe trazendo mais dor.

João por outro lado casou muito novo com a moça mas bonita da escola, porém alguns anos depois se separou, foi assim por 3 vezes, isso lhe causava muito sofrimento e tristeza.

E quando finalmente ele encontrou o amor de sua vida, a doença o alcançou, embora não fosse uma doença de risco, trazia bastante dor e era incurável.

A dor “física” ajuda no aprimoramento moral e na evolução espiritual

Para José que apreendeu viver com a dor, aquilo não era nada, mas como foi João que nunca ficou doente que a pegou, foi como uma bomba em sua vida.

Pois ele não sabia lidar com a dor física e já machucado com seus fracassos na vida, João acabou tirando sua própria vida.

Bem amigos(a) leitores, vocês devem achar que todos devem sofrer no começo para ser feliz depois…

Na verdade não, existem pessoas que nunca sofreram nenhuma dorzinha e são ótimas pessoas, vivem felizes algumas delas já começaram a enfrentar as dores físicas e estão enfrentando bem essa fase…

Então o queremos dizer com tudo isso:

A doença um dia chega em nossas vidas.

Então você que nunca teve uma dor ou doença, se prepare que ela um dia chega e para você que já esta doente, sentido dor, não desista pois talvez ela logo passe ou não; a única certeza é que ela te faz uma pessoa muito melhor.

Deixe sua opinião nos Comentários…
Compartilhe com seus amigos…

A Chave dos Mistérios Ocultos

Você já tem a chave, mas terás a coragem de abrir?

Deixe um Comentário