Câmera de segurança registra um velociraptor bebê em uma casa na Flórida?

Câmera de segurança registra um velociraptor bebê em uma casa na Flórida

Uma questão polêmica na paleontológica (e na comunidade científica em geral) é a impossibilidade lógica de provar um fato impossível.

Por exemplo, ninguém pode provar, com 100 por cento de certeza, que todo o Tyrannosaurus rex desapareceu da face da Terra há 65 milhões de anos.

Afinal, há uma chance astronomicamente pequena de que alguns espécimes sortudos tenham sobrevivido e estejam caçando e reproduzindo felizes, mesmo agora em uma ilha remota e ainda inexplorada.

Asteroide que acabou com os dinossauros enviou seus ossos para a lua
Cientistas têm um registro do pior dia da Terra – ou, pelo menos, o pior nos últimos 66 milhões de anos.

O mesmo vale para qualquer dinossauro ou outra espécie extinta.

Não é simplesmente algo retórico…

Em 1938, um celacanto foi achado vivo, um peixe pré-histórico de nadadeiras lobadas que se acredita ter sido extinto no final do período Cretáceo, foi encontrado na costa da África.

Para os cientistas evolucionistas, isso foi tão chocante como se um Anquilossauro vivo tivesse sido descoberto em uma caverna da Sibéria, e levou os pesquisadores a reconsiderar rapidamente o uso casual da palavra “extinto”.

E a confusão do celacanto despertou uma onda de confiança entre os criptozoologistas modernos:

Pesquisadores e entusiastas (nem todos os cientistas) que acreditam que o chamado monstro do Lago Ness é na verdade um plesiossauro extinto há muito tempo, e também que o Pé-grande pode ser um Gigantopithecus vivo, entre muitas outras possibilidades.

Muitos criacionistas também estão especialmente ansiosos para provar a existência de dinossauros vivos, pois acreditam que isso de alguma forma invalidará os fundamentos da evolução darwiniana.

Dito isso, talvez agora tenhamos evidências da existência de dinossauros vivos em nosso século 21.

Dinossauro na Flórida

Uma mulher na Flórida, EUA, causou polêmica nas redes sociais após alegar ter gravado um ‘bebê dinossauro’ correndo em seu gramado no meio da noite.

Cristina Ryan disse que sua câmera de segurança capturou o momento em que uma misteriosa criatura de duas pernas estava passando por sua casa em Palm Coast.

Enquanto tentava encontrar uma explicação lógica e racional para o que o estranho animal poderia ser, Ryan sugeriu que poderia ser uma criatura pré-histórica.

Ela observou que a maneira como o animal “andava” nas patas traseiras era semelhante à de um velociraptor.

Qualquer animal que possamos pensar que está ‘andando’ às 3:40 da manhã não andaria dessa maneira”,

disse Ryan à rede de televisão local WOFL.

Talvez eu tenha visto Jurassic Park muitas vezes, mas vejo um raptor ou outro pequeno dinossauro. Alguns dizem que é um pássaro grande, mas isso não faz sentido, pois o que quer que seja parece ter patas dianteiras. Eu não tenho certeza? Kkkkk. Eu mesmo fico com o raptor.”

Depois que as imagens foram compartilhadas no Facebook, os usuários das redes sociais ofereceram suas próprias teorias sobre o que a estranha criatura poderia ser.

As teorias incluíam uma raposa com o rabo voltado para cima e para trás, um lagarto exótico ou uma iguana que havia sido libertado ou fugido.

Câmera de segurança registra um velociraptor bebê em uma casa na Flórida?

Deve-se notar que os habitantes da Florida dizem que muitas das grandes aves encontradas no estado podem parecer e soar como feras pré-históricas. Aparentemente, esses “pássaros grandes” são semelhantes aos velociraptores.

Outra possibilidade é que não seja um pássaro grande, mas sim um peru selvagem correndo em alta velocidade, e até mesmo um animal de estimação que escapou.

Eles ressaltam que a marca branca nas costas da criatura pode ser uma coleira de identificação ou um arreio de cachorro. Mas nem todo mundo está convencido de que é algo que sabemos.

Os crentes na criptozoologia sugerem que o animal é na verdade um chupacabra(veja aqui), uma criatura lendária semelhante a um vampiro nativo da América do Sul que drena o sangue do gado e se parece um pouco com um cachorro sem pelo ou coiote.



Links

Asteroide que acabou com os dinossauros também pode ter enviado seus ossos para a lua

Uma misteriosa criatura já drenou o sangue de mais de 50 animais no Chile

Encontram um enorme tubarão com a cabeça mordida por um animal ainda maior na costa da Austrália



E, finalmente, encontramos a teoria mais plausível, que é um velociraptor bebê ou outra criatura pré-histórica vagando pelo jardim de uma casa na Flórida.

Velociraptor bebê em uma casa na Flórida
Será que é um Velociraptor bebê em uma casa na Flórida?

Temos que lembrar que há poucos dias Max Hodak, o cofundador da Neuralink que recentemente ganhou as manchetes por sugerir que a interface cérebro-computador de sua empresa revolucionaria o mundo dos videogames, pediu que alguém construísse um Jurassic Park real, como há tecnologia para fazer isso.

Hodak acrescentou que eles não seriam dinossauros geneticamente autênticos, mas sim novas espécies super exóticas. Portanto, pode ser que o vídeo de Ryan mostre um desses dinossauros criados pela empresa de Elon Musk, escapando de um de seus laboratórios secretos.

É uma possibilidade e não totalmente irracional.

O que você amigo(a) leitor(a) acha das imagens?

Deixe sua opinião nos Comentários…
Compartilhe com seus amigos…
Mistérios

Deixe um Comentário