Uma equipe de mergulhadores descobriu um templo submerso da “Atlântida Egípcia”

Uma equipe de mergulhadores descobriu um templo submerso da Atlântida Egípcia

O templo submerso na antiga cidade de Heracleion, a 45 metros do mar Mediterrâneo, é a melhor descoberta desde que a Atlântida egípcia foi redescoberta.

Em sua mais recente expedição subaquática, especialistas egípcios e europeus encontraram restos de um grande templo no fundo do mar, além de navios carregados de tesouros com moedas e jóias.

Os arqueólogos liderados por Franck Goddio, que liderou a primeira expedição da Heracleion, acreditam ter encontrado as colunas do templo principal (chamado Amun Garp), bem como os restos de um templo grego.

Os tesouros mostram como o local continua a revelar seus segredos muito tempo após a primeira exploração, filtrando milhares de anos de sedimentos e lama.


Arqueólogos descobrem outra Esfinge Enterrada no Templo de Kom Ombo

Além da Ciência! Múmia de mil anos que mantém seus ossos e cérebro intactos

Túnel para o submundo encontrado sob Teotihuacan escondeu um segredo por mais de 1.000 anos

Descoberto um artefato gigante do mundo antigo sob um lago na Turquia


Tais descobertas foram possibilitadas por sofisticadas ferramentas de varredura que localizam objetos no fundo do mar e abaixo dele, apesar dos sedimentos.

Juntando dados de posicionamento geofísico de satélites, ecossonda, magnetômetros de ressonância magnética nuclear e sonar de varredura lateral, eles adquiriram varreduras tão completas que descobriram várias portas próximas a Heracleion que não eram conhecidas.

Heracleion – também chamada de Thonis, seu nome para os egípcios

Mergulhadores arqueológicos mergulharam nos restos para observá-los de perto.

Dos outros achados, além dos templos, os mergulhadores encontraram moedas de bronze do reinado do rei Ptolomeu II (283 a 246 aC), cerâmica, jóias e utensílios nos restos de vários navios.

Os arqueólogos também encontraram moedas da época bizantina, o que significa que é provável que a cidade tenha sido habitada pelo menos desde o século IV aC.

Outra descoberta foi a parte que faltava de um barco cerimonial que havia sido encontrado em uma escavação anterior. Mais descobertas foram feitas em Canopus, outra cidade submersa nas proximidades.

Essas cidades, é lógico, não nasceram debaixo d’água e não há consenso entre os cientistas sobre a maneira como elas foram parar no leito do Nilo.

Até a descoberta das ruínas, em 2000, muita gente pensava que Heracleion era lenda. Referências a ela só existiam em textos gregos e egípcios e inscrições encontradas aqui e ali por arqueólogos.

Isso inclui moedas das épocas ptolomaica e bizantina, além de anéis e brincos da época ptolomaica

O historiador grego Heródoto (que viveu uns 500 anos antes de Cristo) falou de uma potência marítima situada na foz do o delta do rio Nilo, que abrigava um grande templo, construído exatamente no local onde o famoso herói Hércules (ou Héracles) pôs os pés no Egito.

Eles acreditam que o Heracleion foi construído durante o século VIII a.C. nas margens do rio Nilo, e é chamado assim porque o herói Hércules o visitou uma vez, diz a lenda.

Daí veio o nome Heracleion. O historiador também relata a visita de Helena e Paris à cidade antes da Guerra de Troia. Canopus também já era conhecida pela literatura.

Agora é conhecido como a Atlântida do Egito.

Os objetos recuperados das escavações ilustram a beleza e a glória das cidades, a magnificência de seus grandes templos e a abundância de evidências históricas”,

enfatizam no site da Goddio.

Você pode ver muitos dos artefatos encontrados por lá sem sair da cadeira, acessando este mapa interativo

Estátuas colossais, inscrições e elementos arquitetônicos, jóias e moedas, objetos rituais e cerâmica, uma civilização congelada no tempo.”

É um mistério como acabou submerso, uma das hipóteses fala de uma subida gradual do nível do mar e de um súbito colapso do solo instável em que se assentava a cidade, o que causou um afundamento de cerca de 3,65 metros.

Ou seja:

Primeiro, a cidade foi inundada. Depois, a área central, que já estava cedendo sob o peso do templo, sucumbiu.

O solo argiloso transformou-se em líquido em um piscar de olhos, e a cidade foi encoberta de vez.

Ou seja: Primeiro, a cidade foi inundada. Depois, a área central, que já estava cedendo sob o peso do templo, sucumbiu. O solo argiloso transformou-se em líquido em um piscar de olhos, e a cidade foi encoberta de vez. Agora, a equipe de arqueólogos de águas profundas está preparando suas descobertas para publicação em uma revista científica. Até agora, apenas 5% da cidade é conhecida ... Você pode ver muitos dos artefatos encontrados por lá sem sair da cadeira, acessando este mapa interativo(clique para ver).

Agora, a equipe de arqueólogos de águas profundas está preparando suas descobertas para publicação em uma revista científica.

Até agora, apenas 5% da cidade é conhecida …

Você pode ver muitos dos artefatos encontrados por lá sem sair da cadeira, acessando este mapa interativo(clique para ver).

Comente