As fissuras atingem vários quilómetros de comprimento.

Enormes fissuras estão se abrindo nos Estados Unidos e não são naturais

Compartilhe esta matéria...
Uma série de enormes rachaduras no solo apareceu no sudoeste dos Estados Unidos. Centenas de quilómetros destas fissuras já foram detectadas em vários estados da nação norte-americana.
272 quilómetros destas fissuras foram mapeados apenas no centro-sul do Arizona, e também apareceram em Utah, Califórnia e Texas. As rachaduras não são formações naturais, de acordo com Joseph Cook, do Arizona Geological Survey, que disse ao Insider que “é algo que causamos a formação”.

A subsidência, isto é, o deslocamento do solo, é geralmente causado pela tentativa humana de extrair água da terra, fazendo com que ela se torne comprimida e instável.

Fissura fotografada por drone!
Fissura fotografada por drone!

O US Geological Survey explicou em seu site:

“Mais de 80% da subsidência de terras conhecida nos EUA resulta do uso de águas subterrâneas e é uma consequência ambiental muitas vezes esquecida das nossas práticas de uso da terra e da água. “O aumento do desenvolvimento da terra ameaça exacerbar os problemas existentes de subsidência de terras e iniciar novos problemas.”

Rachaduras ocorrem quando o solo mais macio desmorona, mas o solo próximo não. Tal como o seu “primo malvado”, o sumidouro, eles podem abrir-se muito rapidamente.

Relação entre águas subterrâneas e fissuras

Algumas fissuras atingem vários quilómetros de comprimento.
Algumas fissuras atingem vários quilómetros de comprimento.

Uma investigação recente do The New York Times sobre a utilização das águas subterrâneas e o aparecimento destas fissuras revelou outro problema:

As águas subterrâneas estão se esgotando mais rapidamente do que se enchendo naturalmente.

Jason Groth, vice-diretor de planejamento e gestão de crescimento do condado de Charles, Maryland, disse ao The New York Times:

“A maior parte da água que extraímos do solo tem milhares de anos. Não é que chova na segunda-feira e no sábado já está no aquífero.”

Outra fissura fotografada por drone!
Outra fissura fotografada por drone!

Dentro de uma década, ele acredita que o condado poderá ficar sem água. Com o aumento das temperaturas e a seca, a quantidade de água subterrânea que recolhemos pode compensar a perda de água da chuva (por exemplo, na agricultura), mas pode ser uma solução temporária.



Sugerimos a leitura das seguintes matérias

Enorme estrutura rochosa superaquecida pode dividir a África em duas desde as profundezas

O supervulcão ativo da Nova Zelândia está fazendo com que o solo acima dele mude, revela pesquisa

Geólogos alertam que o supervulcão de Yellowstone está prestes a entrar em erupção



Warigia Bowman, professora de direito e especialista em água da Universidade de Tulsa, disse ao The New York Times:

“Do ponto de vista objetivo, esta é uma crise. Haverá partes dos Estados Unidos que ficarão sem água potável.”

O agravamento do problema poderá acelerar à medida que as atuais alterações climáticas aumentam a frequência das secas em diferentes partes do mundo, forçando os agricultores a depender ainda mais das águas subterrâneas para irrigação.

Deixe sua opinião nos Comentários!
E compartilhe com seus amigos…

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

A Chave dos Mistérios Ocultos(clique ou toque para abrir)


Descubra mais sobre A Chave dos Mistérios Ocultos

Subscribe to get the latest posts sent to your email.

A Chave dos Mistérios Ocultos
Catástrofes

Deixe um Comentário