Estudante encontram figuras que podem ser da cidade bíblica de Ziclague

Arqueólogos encontraram figuras estranhas com mais de 3.300 anos podem ser da cidade bíblica perdida de Ziklag…
Estatueta de bezerro de bronze encontrada no sítio arqueológico
Estatueta de bezerro de bronze encontrada no sítio arqueológico

Arqueólogos da Universidade Macquarie descobriram figuras antigas de 3.300 anos atrás, em uma cidade perdida que se acredita estar ligada ao rei Davi e chamada Ziklag, segundo o “Heritage Daily”.

Um bezerro de bronze, outra figura rara de um “deus assassino”, carimba e enfeita a cerâmica do século XII aC. C., foram descobertos em Khirbet el-Rai, Israel, por uma equipe de 32 estudantes da Universidade Macquarie e três professores do ensino médio durante uma escavação de três semanas em fevereiro.

Quando vamos a uma escavação arqueológica, temos grandes esperanças e baixas expectativas, mas é claro que é maravilhoso quando fazemos descobertas empolgantes”,

disse o Dr. Gil Davis, diretor do Programa de Israel Antigo da Universidade Macquarie.



Arqueólogos recriam o antigo perfume egípcio usado por Cleópatra

Arqueólogos encontram um possível santuário da Arca da Aliança em Israel

Arqueólogos confirmam a existência da Arca de Noé através de imagens 3D

Arqueólogos encontram a verdadeira espada Excalibur em um rio da Bósnia

Arqueólogos descobrem outra Esfinge Enterrada no Templo de Kom Ombo



Sonhamos em fazer descobertas que mudarão nossa compreensão de uma parte importante do passado antigo”,

Dr. Davis acrescentou.

Além disso, conforme relatado por “The Lighthouse”, eles também encontraram evidências de fogo; tijolos de barro queimado, cinzas brancas, madeira queimada e inúmeros recipientes de cerâmica destruídos.

Isso sugere que a cidade foi incendiada pelo menos uma vez”,

diz a revista Macquarie University.

A cidade perdida do livro de Samuel

Projeto contou com a colaboração de estudantes da Universidade de Macquarie, na Austrália

Essas descobertas são relevantes e podem até ajudar historiadores e arqueólogos a resolver um problema controverso de longa data.

Alguns especialistas acreditam que Khirbet el-Rai era Ziclague, uma cidade filistéia perdida que, de acordo com o Livro de Samuel, foi entregue ao rei Davi, forjando um novo reino ali.

O local é conhecido pois trechos da Bíblia narram como o rei filisteu Aquis, de Gate, deu a cidade de Ziclague a Davi (que matou o gigante Golias) enquanto fugia do rei Saul.

Anos depois, quando Saul morreu, Davi se tornou rei em Hebrom, enquanto Ziclague permaneceu sob o comando do reino de Judá.

A localização de Ziklag é desconhecida há séculos, mas muitos estudiosos agora acreditam que Khirbet el-Rai é ​​o enclave da cidade bíblica.

Projeto contou com a colaboração de estudantes da Universidade de Macquarie, na Austrália

As escavações da equipe revelaram camadas arqueológicas que datam do período entre os séculos 12 e 10 a.C., época em que a cidade teria sido fundada pelos cananeus, dominada pelos filisteus e, então, governada pelo reino israelita de Judá.

Além disso, os pesquisadores encontraram evidências de que um incêndio atingiu a região e isso coincide com o relato bíblico da invasão de Ziclague pelos amalequitas.

O professor Yossi Garfinkel e o Dr. Kyle Keimer, co-diretores da escavação, argumentam que

cronologicamente é o período correto de tempo”.

A equipe também descobriu os destroços do que foram edifícios públicos e casas, tal como alguns monumentos e templos. De acordo com os cientistas, a arquitetura e as pequenas descobertas indicam que uma sociedade sofisticada e com conexões internacionais existia por ali no século 12 a.C.

Estatueta do deus Baal, um das principais entidades para os cananeus

Quando realizamos uma escavação arqueológica, temos grandes esperanças e baixas expectativas, mas é claro que é maravilhoso quando fazemos descobertas emocionantes”,

disse Gil Davis.

Sonhamos em fazer descobertas que mudarão nossa compreensão de uma parte significativa do passado antigo.”

Enquanto escavávamos, descobrimos o quão importante era esse lugar de uma posição política, econômica e geográfica e procuramos identificá-lo com a cidade bíblica”,

dizem a equipe para o “Heritage Daily“.

O que você amigo(a) leitor(a) acha dessa nova descoberta?

Deixe sua opinião na barra de comentários…

A Chave dos Mistérios Ocultos

Você já tem a chave, mas terás a coragem de abrir?

Comente