Um barco com 20 pessoas a bordo que deveria ter chegado à costa da Flórida na última terça-feira, 29 de dezembro de 2020, desapareceu sem deixar vestígios.

Barco com 20 pessoas desaparece misteriosamente no Triângulo das Bermudas

O Triângulo das Bermudas acabou sendo um dos lugares mais misteriosos do planeta!

Um barco com 20 pessoas a bordo que deveria ter chegado à costa da Flórida na última terça-feira, 29 de dezembro de 2020, desapareceu sem deixar vestígios…

Um barco com 20 pessoas a bordo que deveria ter chegado à costa da Flórida na última terça-feira, 29 de dezembro de 2020, desapareceu sem deixar vestígios.
Um barco com 20 pessoas a bordo que deveria ter chegado à costa da Flórida na última terça-feira, 29 de dezembro de 2020, desapareceu sem deixar vestígios.

O Triângulo das Bermudas é uma área geográfica em forma de triângulo equilátero localizada no Oceano Atlântico, entre as Ilhas Bermuda, Porto Rico e a cidade americana de Miami (no estado da Flórida).

Ao unir esses três pontos com uma linha imaginária, forma-se um triângulo de cerca de 1600 a 1800 km de cada lado, e uma área de aproximadamente 1,1 milhão de km².

A região se tornou o centro de mistérios não resolvidos…

Ao longo dos séculos, foi relatado o misterioso desaparecimento de um grande número de navios, aviões e milhares de pessoas na região.

O número exato de navios e aviões que desapareceram no Triângulo das Bermudas é desconhecido, mas acredita-se que tenha sido cerca de 50 navios e 20 aviões.

Embora o mais estranho de tudo é que os restos mortais de muitos navios e aviões desaparecidos não foram recuperados…

O termo “Triângulo das Bermudas” foi usado pela primeira vez por Vincent Gaddis em 1964 em seu artigo publicado na revista Argosy.

As histórias sobre o Triângulo das Bermudas começam na época de Cristóvão Colombo, quando ele supostamente viu uma chama de fogo cair no mar no triângulo durante sua primeira viagem ao Novo Mundo.

No entanto, o misterioso comportamento da região chegou ao conhecimento do público apenas no século 20, quando o cargueiro da Marinha USS Cyclops(clique aqui para ver), com mais de 300 pessoas a bordo, desapareceu no Triângulo das Bermudas.

O mais recente incidente foi o desaparecimento de uma pequena aeronave bimotora em maio deste ano. E novamente o Triângulo das Bermudas fez jus ao seu nome…

Um novo desaparecimento

A Guarda Costeira dos EUA suspendeu na sexta-feira sua busca por um barco com cerca de 20 pessoas a bordo que deveria ter chegado à Flórida há três dias, após deixar as Bahamas no início desta semana.

A Guarda Costeira e outros serviços de emergência marítima começaram uma busca em mais de 44.000 quilômetros quadrados por cerca de 84 horas antes de suspender a busca por volta do meio-dia de sexta-feira, informou a Guarda Costeira em um comunicado à imprensa.

As autoridades não divulgaram informações sobre a tripulação do navio…

Nossos pensamentos e orações estão com as famílias das pessoas desaparecidas”,

disse o Capitão Stephen V. Burdian, Chefe de Resposta do Sétimo Distrito.

Eu encorajo qualquer pessoa com informações sobre as pessoas a bordo a nos contatar o mais rápido possível.”

O barco saiu de Bimini, nas Bahamas, na segunda-feira, e deveria chegar a Lake Worth, na Flórida, na terça-feira.

O desaparecimento foi relatado no mesmo dia e as equipes de resgate aéreo e marítimo da Guarda Costeira e os aviões da Base Aérea de Patrick no Condado de Brevard ajudaram a Força de Defesa Real das Bahamas e a Associação dos Resgate aéreo marítimo das Bahamas.

O barco era do tipo Cabine Mako Cuddy de 9 metros. Além disso, nenhum sinal foi recebido da posição de emergência indicando radiofarol.

Quando atingir a água ou se for ativado em uma emergência, nos enviará a localização do barco”,

disse o suboficial José Hernández ao jornal local Sun-Sentinel.

Esta é a imagem de referência barco desaparecido.
Imagem de referência do barco desaparecido.

Isso tornaria a implementação naquele local muito fácil para nós. Não nos importamos se eles são ilegais ou traficantes de drogas. Não queremos que nenhuma vida se perca no mar.”

O barco partiu de Bimini, o distrito mais a oeste das Bahamas. É o ponto mais próximo do continente dos Estados Unidos e a aproximadamente 80 quilômetros a leste de Miami.

Os serviços meteorológicos informaram que houve mau tempo ou outro fenômeno atmosférico que poderia ter causado algum tipo de incidente em alto mar.

Como era de se esperar, essa notícia causou grande polêmica em todo o mundo, principalmente por conta do local onde ocorreu o misterioso desaparecimento, o Triângulo das Bermudas.

Mas parte da culpa de que continuem os desaparecimentos de navios e aviões se deve à comunidade científica, que vem afastando qualquer possibilidade sobrenatural.

Uma das teorias propostas é que ondas “perigosas” de 30 metros podem ser a razão pela qual tantos navios naufragaram no misterioso Triângulo das Bermudas.

As ondas traiçoeiras, que duram apenas alguns minutos, foram observadas pela primeira vez por satélites em 1997 na costa da África do Sul, disseram pesquisadores da Universidade de Southampton.

Algumas chegam a medir até 30 metros de altura…



Um petroleiro descobre outro “Triângulo das Bermudas”, onde os navios navegam em círculos

Um explorador do Discovery Channel descobre um navio extraterrestre no Triângulo das Bermudas

O mistério dos navios fantasmas com esqueletos que aparecem nas margens do Japão

Uma enorme e nova anomalia aparece no radar sobre o México



A equipe de pesquisa construiu um modelo igual do USS Cyclops, um enorme navio que desapareceu no triângulo em 1918 e ceifou 300 vidas(Clique aqui para ver).

E devido ao seu grande tamanho e base plana, não demorou muito para que o modelo fosse tomado pela água durante a simulação.

Triângulo das Bermudas
Triângulo das Bermudas.

Além disso, ressaltaram que no lugar enigmático é possível ver fortes tempestades que se juntam de diferentes direções, condições perfeitas para gerar uma onda rebelde.

Mas esse tipo de explicação, que não esclarece os misteriosos desaparecimentos de aviões como o esquadrão de bombardeiros do Voo 19, só faz com que as pessoas percam o respeito pelo Triângulo das Bermudas e pela verdadeira origem de tantos desaparecimentos misteriosos.

Até agora ninguém sabe o que está causando todos esses desaparecimentos, mas acredita-se que uma força sobrenatural pode estar por trás deste mistério.

Achamos uma lista de todos o desaparecimentos ocorridos no Triângulo das Bermudas até agora:
  • 1840 – Rosalie – embarcação francesa encontrada meses após o seu desaparecimento, na área do Triângulo das Bermudas, navegando com as velas recolhidas, a carga intacta, porém sem vestígios de sua tripulação.
  • 1880 – Atlanta – Fragata britânica, desapareceu em janeiro, com 290 pessoas a bordo.
  • 1902 – Freya – embarcação alemã, ficou um dia desaparecida. Saiu de Manzanillo, em Cuba no dia 3 de outubro. Foi encontrada no dia seguinte, no mesmo local de onde havia saído, porém sem nenhuma pessoa a bordo: todos os tripulantes desapareceram.
  • 1909 – The Spray – pequeno iate do aventureiro canadense Joshua Slocum, que desapareceu nesta área.
  • 1917 – SS Timandra – embarcação que iria para Buenos Aires, partindo de Norfolk (Virgínia) com uma carga de carvão e uma tripulação de 21 passageiros. Não emitiu nenhum sinal de rádio.
  • 1918 – Cyclops – embarcação carregada com 19.000 toneladas de aprovisionamentos para a Marinha Norte-americana, com 309 pessoas a bordo. Desapareceu a 4 de março em mar calmo, sem emitir aviso, mesmo dispondo de rádio.
  • 1921 – Carroll. A. Deering – cargueiro que afundou no cabo Hatteras, cerca de 1.000 km a oeste das ilhas Bermudas.
  • 1925 – Raifuku Maru – embarcação que afundou em uma tempestade a cerca de 1.000 km ao norte das ilhas Bermudas.
  • 1925 – SS Cotopaxi – embarcação desaparecida próximo a Cuba.
  • 1926 – SS Suduffco – embarcação que afundou em um furacão no triângulo.
  • 1931 – Stavenger – cargueiro desaparecido com 43 homens a bordo.
  • 1932 – John and Mary – embarcação desaparecida em abril. Foi encontrada posteriormente à deriva, a cerca de 80 quilômetros das ilhas Bermudas.
  • 1938 – Anglo-Australian – embarcação desaparecida em março, com uma tripulação de 39 homens. Pediu socorro quando estava próxima ao Arquipélago dos Açores.
  • 1940 – Gloria Colite – embarcação desaparecida em fevereiro. Foi encontrada com tudo intacto, mas sem a tripulação.
  • 1942 – Surcouf – submarino francês que foi atacado pelo cargueiro norte-americano Thompson Lykes perto do Canal do Panamá, a cerca de 1.800 km do triângulo
  • 1944 – Rubicon – cargueiro cubano desaparecido em 22 de outubro. Foi encontrado mais tarde pela Guarda Costeira Norte-americana próximo à costa da Flórida.
  • 1945 – Super Constellation – aeronave da Marinha Norte-americana desaparecida em 30 de outubro, com 42 pessoas a bordo.
  • 1945 – voo 19 ou Missão 19 (“Flight 19”) – esquadrilha de cinco aviões TBF Avenger, desaparecida em 5 de dezembro.
  • 1945 – Martin Mariner – hidroavião enviado na busca do Voo 19, também desapareceu em 5 de dezembro, após 20 minutos de voo, com treze tripulantes a bordo.
  • 1947 – C-54 – aeronave do Exército dos Estados Unidos, jamais foi encontrada.
  • 1948 – DC-3 – aeronave comercial, desaparecida em 28 de dezembro, com 32 passageiros.
  • 1948 – Tudor IV Star Tiger – aeronave que desapareceu com 31 passageiros.
  • 1948 – SS Samkey – embarcação que afundou a 4.200 km a nordeste do triângulo e a 200 km a nordeste dos Açores.
  • 1949 – Tudor IV Star Ariel – aeronave que desapareceu no triângulo.
  • 1950 – Sandra – cargueiro transportando inseticida, desapareceu em junho e jamais foi encontrado.
  • 1950 – GLOBEMASTER – Avião comercial dos Estados Unidos desaparecido em março.
  • 1952 – YORK – Avião de transporte britânico. Desaparecido em 2 de fevereiro. Tinha 33 passageiros a bordo, além da tripulação. Sumiu ao norte do Triângulo das Bermudas.
  • 1954 – Lockheed Constelation – Um Lockheed Constalation que operava o vôo Santiago Air 513, saiu da Alemanha Oriental com destino à Porto Alegre, Brasil, desapareceu no Triângulo. Foi encontrado 35 anos depois com 92 Esqueletos à bordo.
  • 1955 – CONNEMARA IV – Desapareceu em setembro e apareceu 640 km distante das bermudas, também sem tripulação.
  • 1956 – MARTIN P-5M – Hidroavião desaparecido em 9 de novembro. Fazia a patrulha da costa dos Estados Unidos. Sumiu com dez tripulantes a bordo nas proximidades do Triângulo das Bermudas.

 

  • 1957 – CHASE YC-122 – Desaparecido em 11 de janeiro. Era um avião cargueiro com quatro passageiros a bordo.
  • 1962 – Um avião KB-50 desapareceu em 8 de janeiro. Tratava-se de um avião tanque das Forças Aéreas dos Estados Unidos. Desapareceu quando cruzava o Triângulo.
  • 1963 – MARINE SULPHUR QUEEN – Cargueiro que desapareceu em fevereiro sem emitir nenhum pedido de socorro.
  • 1963 – SNO’BOY – Desaparecido em 1º de julho. Era um pesqueiro com vinte homens a bordo. Nunca foi encontrado.
  • 1963 – 2 STRATOTANKERS KC-135 desapareceram em 28 de agosto. Eram 2 aviões de quatro motores cada, novos, a serviço das forças aéreas americanas. Iam em missão secreta para uma base no Atlântico, mas nunca chegaram no local.
  • 1963 – CARGOMASTER C-132 – Desaparecido em 22 de setembro perto das ilhas Açores.
  • 1965 – FLYNG BOXCAR C-119 – Desaparecido em 5 de junho. Era um avião comercial com dez passageiros a bordo.
  • 1967 – WITCHCRAFT – Desaparecido em 24 de dezembro. Considerado um dos casos mais extraordinários do Triângulo. Tratava-se de uma embarcação que realizava cruzeiros marítimos. Estava amarrado a uma bóia em frente ao porto de Miami, Flórida, a cerca de 1600 metros do solo. Simplesmente desapareceu com sua equipe e um passageiro a bordo.
  • 1970 – Milton Latrides – cargueiro francês que partiu de Nova Orleans em direção à Cidade do Cabo. Levava uma carga de azeite vegetal e refrigerante. Afundou no triângulo em abril.
  • 1973 – ANITA – Desaparecido em março. Era um cargueiro de 20.000 toneladas que estava circulando próximo ao Triângulo com 32 tripulantes a bordo.
  • 1976 – Grand Zenith – petroleiro, afundou com pessoas e bens a bordo. Deixou uma grande mancha de petróleo que pouco depois também desapareceu.
  • 1976 – SS Sylvia L. Ossa – embarcação que afundou em um furacão a oeste das ilhas Bermudas.
  • 1978 – SS Hawarden Bridge – embarcação que foi encontrada abandonada no triângulo.
  • 1980 – SS Poet – embarcação que afundou em um furacão no triângulo. Transportava grãos para o Egito.
  • 1995 – Jamanic K – cargueiro que afundou no triângulo, depois de sair de Cap-Haïtien.
  • 1997 – Iate – É encontrado um iate alemão.
  • 1999 – Genesis – cargueiro que afundou depois de sair do porto de São Vicente. Sua carga incluía 465 toneladas de tanques de água, tábuas, concreto e tijolos; informou problemas com uma bomba um pouco antes de perder o contato. Foi realizada uma busca sem sucesso em uma área de 85.000 km² (33.000 milhas quadradas).

O que você acha amigo(a) leitor(a) do barco desaparecido?

Deixe sua opinião nos Comentários…
Compartilhe com seus amigos…

Deixe um Comentário