Novos detalhes revelados sobre a misteriosa morte de Elisa Lam

Um dos casos mais difíceis e misteriosos do século XXI é o de Elisa Lam.
Até hoje, ninguém sabe exatamente como ela morreu.

A única coisa que sabemos é que a estudante universitária canadense de 21 anos de idade foi vista pela última vez no Cecil Hotel em Los Angeles em 31 de janeiro de 2013. Mas o vídeo de uma câmera de segurança de hotel que registrou os estranhos momentos finais diante dela o desaparecimento e os outros detalhes que surgiram desde então só provocaram mais perguntas do que respostas.

Desde que seu corpo foi descoberto no tanque de água do hotel em 19 de fevereiro, seu trágico desaparecimento permaneceu envolto em mistério.

Embora a investigação forense tenha considerado sua morte um “afogamento acidental”, os estranhos detalhes do caso de Lam alimentaram especulações sobre o que realmente poderia ter acontecido.

Os pesquisadores sugeriram todo tipo de teoria sobre a tragédia, incluindo conspirações a espíritos malignos.

Mas quando se trata da morte perturbadora de Elisa Lam, qual é a verdade?

Mas agora, quase 7 anos depois, novos detalhes surgiram da misteriosa morte de Elisa Lam.


Um novo pé mutilado aparece na costa do Canadá, e já existem 15 desde 2007

Imagem assustadora mostra o fantasma de uma garota cigana

Fantasma de um monge é fotografado em uma abadia do século 12

Babá eletrônica capta ‘fantasma da bisavó’ no quarto do filho


Notícias sobre a misteriosa morte de Elisa Lam
a morte de Elisa Lam
Elisa Lam

Elisa Lam viajou para Los Angeles de sua cidade natal, Vancouver, British Columbia, em janeiro de 2013 para desfrutar de uma semana de turismo e aventura.

No entanto, depois de se registrar no hotel Cecil, a turista de 21 anos desapareceu sem deixar rasto.

Então, em 19 de fevereiro de 2013, um trabalhador de manutenção do hotel fez uma descoberta assustadora quando encontrou o corpo de Lam dentro de um tanque de água no telhado do hotel.

A morte de Lam se tornou um assunto de intensa especulação e teorias da conspiração.

Grande parte desse boato se concentrou no vídeo da câmera de segurança do elevador, publicada pela polícia, sobre o comportamento estranho de Lam horas antes de seu desaparecimento.

O vídeo mostra ela, vestida com um capuz vermelho, dentro de um elevador pressionando botões por vários andares, entrando e saindo com cuidado enquanto balança os braços.

Quatro meses após sua morte, o médico legista de Los Angeles determinou que não havia evidências de trauma físico. A forma de morte foi classificada como afogamento acidental e o caso foi encerrado.

Porém, em um novo episódio de “HLN: Real Life Nightmare” na rede de televisão da CNN, mostra que um ex-detetive do Departamento de Polícia de Los Angeles (LAPD) revelou que um cão rastreador detectou seu cheiro em uma janela que levava a uma escada para incêndios no hotel.

A maioria das pessoas não sabe que houve um alerta”,

disse Greg Kading, um detetive de homicídios aposentado da polícia de Los Angeles.

O cachorro desceu um corredor e latiu para uma janela que levava diretamente à saída de incêndio. No entanto, uma vez fora, o cachorro perdeu o cheiro.

Havia pelo menos uma dica inicial de que ela havia atravessado o corredor e atravessado esta janela em direção à escada de incêndio.

Notícias sobre a misteriosa morte de Elisa Lam

Como mencionamos anteriormente, a morte de Lam foi oficialmente declarada acidental, mas a maneira como ela morreu e os detalhes que levaram a morte continuam sendo um mistério.

Não havia traços óbvios de álcool ou drogas ilegais em seu sistema quando ela morreu. Sua família disse que ela estava tomando remédios para tratar seu transtorno bipolar.

Em 31 de janeiro, ela parou de usar o telefone. O vídeo de 1 de fevereiro, que viralizou depois que a polícia o compartilhou, lançou todos os tipos de teorias e especulações.

Em determinado momento, parecia que ele estava se escondendo de alguém”,

disse Cheryl Arutt, psicóloga forense, no novo episódio do Real Life Nightmare.


O mistério do bebê que parece possuído por um demônio

Os 5 sonhos mais misteriosos e o seus significados

Dia dos Mortos, uma celebração mística dos vivos e dos mortos

A misteriosa casa do demônio de Indiana


Parecia estar escondida em um canto, tentando se manter fora de vista.

Esse foi um dos momentos mais estranho.”

As imagens não deixam claro quem Lam havia contatado, se houvesse alguém, quando ela estava no hotel. Sua família relatou seu desaparecimento no início de fevereiro, vários dias antes de encontrá-la.

A história ficou conhecida depois que os hóspedes do hotel começaram a reclamar que a água em seus quartos estava suja, fedorenta ou não estava funcionando corretamente.

Um casal britânico que foi entrevistado disse que a água preta saia da torneira.

Foi por isso que a gerência do hotel decidiu enviar pessoal de manutenção para verificar os tanques de água, e foi quando encontraram o corpo sem vida de Lam.

misteriosa morte de Elisa Lam
Os tanques de água

Ainda não se sabe se ela foi vítima de um assassinato ou não. Especialistas questionaram a possibilidade dela ter subido sozinha em cima dos tanques de água, mas também tiram a roupa e levantam a tampa.

No entanto, não há evidências de que alguém além dela estivesse no telhado quando ela morreu, e não está claro exatamente há quanto tempo ela estava na água.

Estamos falando de uma jovem que não é nada forte, com 54 quilos, que subiu a escada, empurrou a tampa com uma mão, que pesa cerca de 10 quilos, mas que exige um pouco de esforço, você precisa pensar… Talvez alguém mais esteja envolvido? Outra pessoa?”

Revela um pesquisador no novo episódio de Real Life Nightmare.

O fato dela ter tomado todas essas medidas realmente faz você pensar: houve um assassinato?”

No episódio transmitido pela CNN, jornalistas que foram os primeiros a chegar à cena do crime também foram entrevistados.

As primeiras pessoas que vi foram um casal britânico”,

lembrou Kyung Lah, jornalista da CNN.

Eles estavam no hotel por oito dias e depois contaram uma história nojenta. Não sei o que dizer.

A mulher disse que quando a torneira fosse fechada, a água ficava preta por dois segundos e depois voltava ao normal. Turistas tomavam banho e escovavam os dentes.

A história arrepiante e misteriosa do hotel Cecil
hotel Cecil
Hotel Cecil

O misterioso desaparecimento de Elisa Lam não foi o primeiro a acontecer no Cecil Hotel. De fato, o passado misterioso do edifício ganhou a reputação de ser um dos edifícios mais assombrados de Los Angeles.

Desde que foi inaugurado em 1927, o hotel teve 16 mortes diferentes e eventos paranormais inexplicáveis. A morte mais famosa associada ao hotel, além de Lam, foi o assassinato, em 1947, da atriz Elizabeth Short, também conhecida como The Black Dahlia, que teria sido vista bebendo no bar do hotel.

A mídia sensacionalista também forçou ligações com outros casos brutais famosos, como as vítimas de Willian Hereins, o Assassino do Batom. Mas os perfis das vítimas e os locais de ação não eram compatíveis, e as relações foram descartadas.

Sem solução até hoje, o assassinato de Black Dahlia (Dália Negra) se tornou um dos crimes mais famosos dos Estados Unidos.

Atriz Elizabeth Short
Atriz Elizabeth Short

A história inspirou o filme The Black Dahlia (2016), adaptação do romance de mesmo nome, de James Ellroy, e foi citada em duas temporadas da série American Horror Story.

O hotel também já recebeu alguns dos assassinos mais conhecidos do país. Em 1985, Richard Ramirez, também conhecido pelo apelido de “The Night Stalker”, morava no último andar do hotel durante sua monstruosa onda de assassinatos.

A história diz que, após um assassinato, Ramirez jogou suas roupas ensanguentadas para fora do hotel e voltou seminu.

Richard Ramirez, também conhecido pelo apelido de "The Night Stalker"
Richard Ramirez, também conhecido pelo apelido de “The Night Stalker”

Antes de ser capturado, este assassino em série ativo na cidade de Los Angeles (Califórnia), foi apelidado, pela imprensa norte-americana, de Night Stalker (Perseguidor da noite).

Após a sua captura foram editadas reportagens sensacionalistas sobre o seu interesse aparente pelo Oculto e Satanismo.

Seis anos depois, outro cliente se mudou para o hotel: O serial killer austríaco Jack Unterweger, que ganhou o apelido de “Estrangulador de Viena”.

Jack Unterweger (Judenburg, Steiermark, 16 de agosto de 1950 – Viena, 29 de junho de 1994), escritor, dramaturgo austríaco e serial killer, o “poeta do cárcere”.

Jack Unterweger
Jack Unterweger

Unterweger suicidou-se dia 29 de junho de 1994, aos 43 anos, um dia após ter sido condenado pela segunda vez à prisão perpétua pelo assassinato de nove mulheres. A primeira condenação foi em 1976, quando Unterweger era um desconhecido.

Com uma história tão macabra, era de pensar que o Cecil Hotel teria seu fechamento definitivo.

Mas, na realidade, o prédio antigo recebeu o status de ponto de referência  para a cidade de Los Angeles. O hotel recebeu a distinção devido à abertura do edifício na década de 1920, considerada o início da indústria de acomodações nos EUA.

Tudo parece indicar que algum tipo de energia maliciosa envolve o hotel Cecil. E devemos lembrar que o mal não tem forma.

Embora a resposta ao mistério por trás da morte de Elisa Lam permaneça incerta, a obsessão por esse mistério permaneceu na consciência pública desde então.

O que realmente aconteceu com Elisa Lam?
Por que os cães rastreiam seu cheiro até uma janela?
Um assassinato?
Um suicídio?
Foi atacada por forças sobrenaturais?
Ou foi vítima de um ritual satânico?

 

A Chave dos Mistérios Ocultos

Você já tem a chave, mas terás a coragem de abrir?

One thought on “Novos detalhes revelados sobre a misteriosa morte de Elisa Lam

  • em
    Permalink

    Há uma coincidência muito estranha no caso Elisa Lam
    <span class="embed-youtube" style="text-align:center; display: block;"><iframe class='youtube-player' width='800' height='450' src='https://www.youtube.com/embed/pt8lhNNk9So?version=3&rel=1&fs=1&autohide=2&showsearch=0&showinfo=1&iv_load_policy=1&wmode=transparent' allowfullscreen='true' style='border:0;'></iframe></span>

    Resposta

Comente