Sismólogo que previu terremoto na Turquia alerta para mega terremoto iminente

Sismólogo que previu terremoto na Turquia alerta para mega terremoto iminente

Compartilhe esta matéria...
Um pesquisador holandês virou tendência no mês passado por ter previsto o terremoto que atingiu a Turquia e a Síria na segunda-feira, 6 de fevereiro, apenas três dias antes
Frank Hoogerbeets , pesquisador holandês do Serviço de Geografia do Sistema Solar (SSGEOS), foi às redes sociais para alertar na sexta-feira, 3 de fevereiro, sobre o que estava para acontecer.

O tweet aparentemente presciente atualmente tem mais de 27 milhões de visualizações, e se alguém o tivesse ouvido, talvez, apenas talvez, não houvesse mais de 50.000 mortes nas áreas afetadas da Turquia e da Síria.

A postagem foi acompanhada por um mapa destacando a área que Hoogerbeets alegou que seria afetada pela poderosa atividade sísmica.

Desde que os terremotos ocorreram, apenas três dias depois, na segunda-feira, o tweet se tornou viral.

No entanto, quando o tweet de Hoogerbeets se tornou viral e começou a fazer manchetes na grande mídia, provocou uma reação da comunidade, questionando a validade da “previsão” como a base científica mais ampla subjacente à metodologia do grupo.

Esta reação baseia-se principalmente nas críticas recebidas nas redes sociais, uma vez que é intolerável que um investigador independente seja capaz de antecipar um terramoto e os cientistas nem o tenham mencionado.

E, novamente, o pesquisador holandês voltou a alertar o mundo sobre uma nova catástrofe, embora esta possa ser muito diferente das outras.

Nova previsão Hoogerbeets

A primeira semana de março será “extremamente crítica”, alerta Frank Hoogerbeets, que faz suas previsões com base nos movimentos dos corpos celestes, em um vídeo postado segunda-feira no YouTube alertando que a primeira semana de março será extremamente crítica.

Veja o vídeo:

(Obs: O vídeo está em inglês; porém você pode ativar as legendas em português. (clique aqui e veja como fazer))

“Uma convergência da geometria planetária crítica em torno de 2 a 5 de março pode resultar em atividade sísmica grande a muito grande, possivelmente até mesmo um megaterremoto em torno de 3 a 4 de março e/ou 6 a 7 de março”,

diz a descrição do vídeo.

No próprio vídeo, o sismólogo afirma que a força do suposto terremoto que se aproxima pode ser superior a 8 na escala Richter.

A área afetada pode se estender por milhares de quilômetros, desde a Península de Kamchatka e as Ilhas Curilas, no Extremo Oriente da Rússia, até as Filipinas e a Indonésia.

Sismólogo Frank Hoogerbeets
Sismólogo Frank Hoogerbeets.

“Não estou exagerando “,

insiste Hoogerbeets.

“Não estou tentando criar medo, isso é um aviso.”

No entanto, o chefe do ramo de Pesquisa Geofísica de Kamchatka da Academia Russa de Ciências, Danila Chebrov, contestou as previsões de Hoogerbeets, descrevendo-o como um mero “amador”.

Chebrov explicou que a conexão entre o movimento dos planetas no sistema solar e a atividade sísmica na Terra é bastante fraca e é problemático usá-la como uma ferramenta de previsão primária.

Frank Hoogerbeets
Frank Hoogerbeets.

Mas Chebrov deve ser lembrado que em 3 de fevereiro, Hoogerbeets postou um tweet dizendo:

“Mais cedo ou mais tarde, um terremoto de magnitude 7,5 ocorrerá nesta região (centro-sul da Turquia, Jordânia, Síria, Líbano)”.

Três dias depois, um terremoto de magnitude 7,8 atingiu a Turquia e a Síria, o desastre matou mais de 50.000 pessoas e fortes tremores secundários continuam na região até hoje.

Mas Hoogerbeets não se tornou famoso por prever o terremoto na Turquia e na Síria, em 2019 ele alertou que um poderoso terremoto abalaria nosso planeta a qualquer momento.

O pesquisador holandês também revelou que um alinhamento planetário crítico envolvendo a Terra, o Sol e Mercúrio é a causa desse aumento das atividades sísmicas.

Sismólogo que previu terremoto na Turquia alerta para mega terremoto.
Sismólogo que previu terremoto na Turquia alerta para mega terremoto.

Alguns dias depois, um terremoto de magnitude 8,0 atingiu o norte do Peru.

Conforme informado pelo Centro Nacional de Operações de Emergência (COEN), o epicentro do terremoto foi a uma profundidade aproximada de 115 quilômetros, e foi sentido em locais tão distantes como Lima, Peru; Caracas Venezuela; e Quito, Equador.

Mesmo com todo esse currículo de previsões cumpridas, a comunidade científica se recusa a dar atenção a ele e prefere fazer vista grossa ao criticar seu trabalho. Susan Huff, do US Geological Survey, insistiu que nenhum cientista previu um grande terremoto.



Sugerimos a leitura das seguintes matérias

Enxame de 85.000 terremotos atinge a Antártida quando um vulcão adormecido desperta

A profecia da Lua da Neve é ​​cumprida: Um forte terremoto de magnitude 7,8 sacode o Equador e é sentido no Brasil

Fratura na placa tectônica dos EUA pode se tornar epicentro de terremoto



Sismógrafo é um aparelho que detecta os movimentos do solo, incluindo os gerados pelas ondas sísmicas.
Sismógrafo é um aparelho que detecta os movimentos do solo, incluindo os gerados pelas ondas sísmicas.

Huff disse que a previsão direta dos terremotos na Turquia e na Síria foi apenas uma coincidência.

“É um relógio parado que acerta duas vezes por dia, basicamente”,

disse Huff.

Bem, talvez Huff esteja certo e seja apenas uma coincidência.

Mas talvez as “coincidências” de Hoogerbeets devam ser consideradas, pois podem salvar milhares de vidas.

O que você amigo(a) leitor(a) acha da previsão de Hoogerbeets?

Ela se tornará realidade novamente?

Deixe sua opinião nos Comentários!
E compartilhe com seus amigos…

Convidamos você a nos seguir em nossa página no Facebook, para ficar por dentro de todas as novidades que publicamos:

A Chave dos Mistérios Ocultos(clique ou toque para abrir)


Descubra mais sobre A Chave dos Mistérios Ocultos

Subscribe to get the latest posts sent to your email.

A Chave dos Mistérios Ocultos
Catástrofes

Deixe um Comentário