O misterioso som das vindo profundezas do oceano que foi ouvido por mais de 5.000 km

O “Bloop” é o nome dado a um som submarino, de frequência ultra-baixa, extremamente poderoso, captado no verão de 1997 pelos microfones da NOAA (National Oceanic and Atmospheric Administration) e que até hoje não foram mais ouvidos ou explicados completamente.

O misterioso som podia ser ouvido por mais de 5.000 km

A localização de seu rastreamento foi de algo em torno de 50° S 100° W – América do Sul, costa sudoeste. O som foi tão potente, que se fosse feito por algum tipo de ser vivo, ele seria muitas vezes maior que a baleia azul, o maior animal do planeta. O misterioso som podia ser ouvido por mais de 5.000 km – isso é algo inacreditável e nunca visto antes em tais proporções.

Agora, os cientistas levantam algumas hipóteses, não orgânicas para explicar o Bloop e outros sons estranhos: Submarinos Nucleares ou, o mais provável: “O amplo espectro de sons gravados no verão de 1997 são consistentes com terremotos no gelo gerados por grandes icebergs que racham e fraturam. Hidro fones NOAA implantados no Mar da Escócia detectaram numerosos terremotos com espectrogramas semelhantes ao “Bloop” – porem ainda são apenas hipóteses…

Não existem respostas sobre o que ou quem pode ter causado o Bloop, apenas teorias. Alguns acreditam se tratar de sons geológicos (terremotos, rachaduras no gelo da Antártica), outros afirmam se tratar de um animal marinho ainda desconhecido, que habita as profundezas do oceano.

 

Escute o som:

Existe ainda quem diga se tratar de um animal conhecido de todos os leitores de H.P Lovecraft: o Cthulhu, besta gigante, metade homem, metade polvo. Quem acredita nesta teoria diz que o Bloop foi capturado próximo a R’lyeh, uma cidade misteriosa, que – de acordo com as histórias – aparece vez ou outra para os marinheiros, e que os sons podem ser oriundos de uma criatura que vive lá. As histórias sobre essa criatura pode ter sido inspiração para H.P Lovecraft criar o monstro mais famoso das histórias de terror.

Além do “Bloop”, existem outros sons não identificados que ganharam nomes interessante, como “Train”, “Upsweep” e “Julia”. O site “Live Science” fez um vídeo onde você vai conhecer e ouvir 6 desses estranhos sons captados em nossos oceanos, alguns deles já explicados, e outros como Bloop, ainda continuam sendo um grande mistério.

O mistério é tão grande que o fenômeno (Bloop) na maioria das vezes entra no ‘top 10 mistérios não explicados pela ciência’ em diversas pesquisas.

 

Fonte: aqui

Comente