As orcas estão atacando barcos na Espanha e tubarões brancos, o que está acontecendo?

Os nomes “Sombra” e “Escuridão” podem não soar familiares para você, mas 122 anos atrás, esses dois enormes leões comedores de gente caçavam ferroviários na região de Tsavo, no Quênia.
Em 1924, as peles de Sombra e Escuridão foram vendidas ao Museu Field em Chicago e lá permanecem em exposição até hoje.
Em 1924, as peles de Sombra e Escuridão foram vendidas ao Museu Field em Chicago e lá permanecem em exposição até hoje.

Durante um período de nove meses em 1898, os leões mataram pelo menos 35 pessoas e, de acordo com diferentes relatos, chegaram a 135.

E a questão de por que os leões queriam evitar a construção da ferrovia e conscientemente a degradação do meio ambiente.

Também conhecidos como leões Tsavo, eles governaram a noite até serem caçados em dezembro de 1898 pelo engenheiro ferroviário Tenente Coronel John Henry Patterson.

Nas décadas subsequentes, a opinião pública foi cativada pela história dos leões ferozes, contada pela primeira vez em jornais e livros (uma história foi escrita pelo próprio Patterson em 1907:

The Man-Eaters of Tsavo”.

E depois no filme:

A Sombra e a Escuridão”.

Uma das teorias é que a fome desesperada dos leões os levou a comer gente.

No entanto, uma análise subsequente de seu comportamento mostrou que eles matavam para proteger a natureza o que levou muitos a considerarem que eram verdadeiros guardiões transformados em animais.



Leões matam e comem um caçador deixando apenas sua cabeça

Encontram um enorme tubarão com a cabeça mordida por um animal ainda maior na costa da Austrália

Misteriosa criatura não identificada feriu 12 pessoas

Encontrada a cabeça de lobo gigante de 30 mil anos com cérebro e presas intactos

Jacaré gigante é visto em campo de golfe nos Estados Unidos



Agora, os especialistas estão perplexos com o estranho comportamento que as baleias estão exibindo.

Comportamento estranho

Em uma série de incidentes ao longo das costas espanhola e portuguesa entre Gibraltar e a Galícia, grupos de orcas foram registrados atacando de forma discriminatória veleiros e outras embarcações.

As orcas estão atacando barcos na Espanha e tubarões brancos, o que está acontecendo

A Sociedade Espanhola de Segurança e Resgate Marítimo informou que várias embarcações sofreram sérios danos devido ao encontro com orcas.

De acordo com o The New York Times e o Ministério do Meio Ambiente espanhol registrou 13 encontros com baleias orcas desde meados de agosto, na costa da Galícia.

Vários veleiros, incluindo Urki 1, Amadeus e o Mirfak da Marinha Espanhola, tiveram que ser rebocados para o porto pelos navios de Salvamento Marítimo devido a danos significativos em suas estruturas.

Em 29 de julho, um navio ao largo do cabo Trafalgar relatou que estava cercado por nove baleias orcas que bateram no casco por mais de uma hora, girando o navio, danificando o sistema de propulsão e tornando o leme inútil.

O navio comunicou-se por rádio com as autoridades para informar que estava “sob ataque” de orcas. Em 11 de setembro, um iate indo da Espanha para o Reino Unido foi abalroado mais de uma dúzia de vezes por baleias orcas.

Porém, o mais surpreendente de tudo, algumas testemunhas relataram que as baleias orcas estavam se comunicando com ruídos extremamente altos e agudos ao atingirem os barcos.

As orcas estão atacando barcos na Espanha e tubarões brancos, o que está acontecendo

Em uma reportagem publicada pelo jornal The Guardian, Victoria Morris, uma estudante de biologia e membro da tripulação a bordo de um dos navios, disse que sentiu que o ataque foi coordenado.

O barulho era realmente assustador”,

disse Morris.

Eles estavam batendo na quilha, houve um eco horrível, pensei que eles iam virar o barco. E esse barulho ensurdecedor enquanto eles se comunicavam, sibilando uma com a outro. Foi tão alto que tivemos que gritar.”

A tripulação contatou a Guarda Costeira com uma chamada de socorro sobre um “ataque de orca”.

Quando foram rebocados para o porto, descobriram que sua quilha estava coberta de marcas de mordidas e dois terços do leme foram arrancados.

As orcas são os maiores membros da família dos golfinhos e podem crescer até 30 metros de comprimento e pesar 6 toneladas. Como os golfinhos, eles são inteligentes e sociáveis ​​e podem seguir barcos.

As orcas estão atacando barcos na Espanha e tubarões brancos, o que está acontecendo

A sobrepesca afetou as reservas de alimentos das orcas, levando ao declínio da população e ao aumento do tráfego marítimo nas proximidades das rotas marítimas movimentadas perto do Estreito de Gibraltar, que afetaram negativamente seu habitat.

Biólogos marinhos acreditam que essa atividade é limitada a um único grupo de baleias orcas, porque esse comportamento incomum é altamente improvável de ocorrer simultaneamente com grupos diferentes.

Os cientistas não sabem se as baleias orcas estão com raiva, confusas ou apenas “brincando”.

A sua presença nestas águas durante os meses de verão é normal, visto que seguem a sua comida preferida, o atum rabilho. Especialistas afirmam que esse comportamento aparentemente agressivo desse grupo de orcas é extremamente raro. Não há casos conhecidos de humanos sendo atacados e mortos por orcas na natureza.

Mas as autoridades marítimas espanholas querem ser cautelosas, por isso alertaram os navios para “ficarem longe” das baleias.

Ataques também a tubarões

Talvez os especialistas marinhos estejam corretos e esses sejam incidentes isolados, a menos que orcas também tenham sido registradas que estão “rasgando” grandes tubarões brancos e comendo seus fígados, corações e testículos.

As orcas estão atacando barcos na Espanha e tubarões brancos, o que está acontecendo

De acordo com o jornal britânico The Sun, a conclusão perturbadora veio depois que autópsias foram realizadas em seis predadores aquáticos cujos corpos foram encontrados nas praias sul-africanas.

Um cientista britânico que ajudou a realizar as autópsias revelou como os tubarões tinham sido “destruídos” em uma maneira “precisa”.

A bióloga marinha Alison Towner disse que as baleias orcas arrancam a pele dos tubarões logo abaixo da garganta para chegar aos órgãos internos.

Foi realmente um choque e descrença quando soubemos que havia outro tubarão branco grande, praticamente adulto, na praia com o fígado removido”,

explicou Towner.

Há relatos de baleias orcas atacando tubarões na costa da África do Sul desde 2017. No entanto, recentemente, mais três grandes tubarões-brancos apareceram misteriosamente nas praias após serem atacados.

Os especialistas acreditam que os predadores foram mortos por baleias orcas no maior confronto assassino no mar. As baleias orcas atacaram diretamente seus fígados, pois se trata de um órgão extremamente nutritivo.

As orcas estão atacando barcos na Espanha e tubarões brancos, o que está acontecendo

Logo abaixo da superfície da pele está o lugar perfeito para abrir o tubarão, acessar e remover o fígado”,

Towner continuou a explicar.

“Eu acredito que dois dos animais tiveram seus corações removidos e um macho teve seus testículos removidos. Porque estão muito próximos na cavidade corporal.

Acreditamos que as duas baleias orcas estavam aprendendo a agarrar as nadadeiras peitorais. Não sabemos com certeza. É como um movimento de rasgar.

O fígado é oleoso, muito escorregadio, escorregaria naturalmente para que elas pudessem vir e compartilhá-lo.”

Então quem teria matado os tubarões?

Não há dúvida de que a humanidade é capaz de grandes males e crueldades inimagináveis. Friedrich Nietzsche disse uma vez:

O homem é o mais cruel dos animais para si mesmo”,

e talvez ele esteja certo.

Há um perigo real de que deixaremos as futuras gerações apenas com escombros, desertos e lixo
Há um perigo real de que deixaremos as futuras gerações apenas com escombros, desertos e lixo

A caça, a poluição desenfreada dos oceanos e do meio ambiente; talvez isso explique as situações que hoje relatamos.

Como dizemos sempre, o grande problema somos nós. Há hoje no planeta 7,4 bilhões de “pessoas”, porém uma enorme parte não a mínima para a natureza.

Imagine a confusão que causamos à fauna, seja ela marinha ou terrestre.

Assista ao vídeo publicado por The Guardian:

O que você acha do estranho comportamento das orcas?

Deixe sua opinião nos Comentários…
Compartilhe com seus amigos…

A Chave dos Mistérios Ocultos

Você já tem a chave, mas terás a coragem de abrir?

Deixe um Comentário